Ótica Perfil

Mulher é presa pela PM no município de Pinhão por suspeita de matar o próprio marido

Em Flagrante | 22.02.2020 às 21:02h

No final da manhã de sexta-feira (21) um caso de homicídio foi registrado na Zona Rural do município de Pinhão, região Agreste do Estado de Sergipe.

O assassinato aconteceu no Povoado Beija-Flor, tendo como vítima Josival José dos Santos de 46 anos. O homem foi morto por espancamento dentro da própria residência, situada nas proximidades do cemitério municipal.

(Vítima: Josival José dos Santos)

O fato foi comunicado a polícia por volta das 11h20 e de imediatamente, a guarnição da 3.ª Companhia do 3.º Batalhão de Polícia Militar (3.ª CIA/3.º BPM), lotada na cidade de Pinhão, se deslocou para o povoado e ao chegar no local do crime encontrou o homem morto em cima de uma cama. (Foto: Mais Notícias/WhatsApp)

Na casa, os militares também encontraram a esposa da vítima com alguns ferimentos. Ela informou aos policiais que o marido havia sido espancado até a morte por homens que invadiram a residência as 23h de quinta-feira (20).

Questionada a respeito dos hematomas que apresentava pelo corpo, a mulher identificada como Marlene Borges de Jesus de 50 anos, disse que tinham sido causados também pelos elementos, mas que eles não queriam matá-la. Ela afirmou ainda que o marido era usuário de drogas.

Em seguida, os PMs isolaram o local do crime e informaram o caso para a Polícia Civil, e posteriormente acionaram os peritos da Polícia Técnica Científica e a equipe do Instituto Médico Legal Dr. Augusto César Leite.

As 16h30 o corpo da vítima foi recolhido e levado para ser submetido ao exame de autopsia, a polícia conduziu Marlene para ser ouvida na delegacia como testemunha do ocorrido, porém, ela apresentou contradição durante o depoimento e acabou confessando ter sido a autora do homicídio.

Da Redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva