Ótica Perfil

Moradores de povoado em São Domingos fecham trecho de rodovia em protesto devido ao grande número de mortes no local

Manifestação | 12.06.2018 às 14:35h

Por volta das 6:30 da manhã desta terça-feira (12), moradores dos povoados Morro e Lagoa, no município de São Domingos, no Agreste sergipano, interditaram a Rodovia João Paulo II (SE - 170), no trecho onde está situada as duas comunidades.

O protesto ocorreu dois dias após a morte do pedestre José Adenilson dos Santos de 39 anos, que foi atropelado por uma motocicleta no momento em que fazia a travessia da pista.

De acordo com informações dos organizadores, a manifestação teve como finalidade cobrar dos órgãos competentes do Estado a implantação de redutores de velocidade na área e também reivindicar do administrador municipal a colocação de iluminação na localidade, além de melhorias no acesso aos povoados.

Segundo relatores de moradores, no intervalo de aproximadamente 06 (Seis) anos, sete pessoas morreram no trecho, todas vítimas de acidente, inclusive em alguns casos envolvendo animais que pastam às margens da rodovia.

Logo após o início do protesto, uma equipe do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) esteve no local, como também uma 3.º Grupamento de Bombeiros Militares e um representante do Departamento de Estradas de Rodagem de Sergipe (DER/SE).

Com a promessa de serem atendidas as reinvindicações da população, os manifestantes desobstruíram a via de rolamento por volta das 10:30 e o trânsito voltou a fluir normalmente na localidade.

A Rodovia SE -170 está com a malha asfáltica completamente danificada e além de não existir sinalização horizontal e vertical, também não possui acostamento em toda a sua extensão, o que tem contribuido para inúmeros acidentes e na sua maioria com registro de mortes.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva