Ótica Perfil

Ex-policial está entre os oitos mortos na operação que investiga a morte do Capitão Oliveira

Cumprimento de mandados | 18.05.2018 às 22:12h

A operação deflagrada pelo Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) no final da madrugada desta sexta-feira (18) para prender os envolvidos na morte do capitão Oliveira, então comandante da Companhia Independente de Operações Policiais em Área de Caatinga (Ciopac), resultou em três suspeitos presos e oito pessoas mortas, em decorrência de confronto com os policiais.

A operação ocorreu simultaneamente em Aracaju e Poço Redondo, em Sergipe, e nos municípios de Barreiras, Paulo Afonso e Luís Eduardo Magalhães, situados no Estado da Bahia, e entre os mortos está o ex-policial militar Antônio Brás dos Santos Neto de 46 anos, conhecido por Brás.

O ex-PM morreu dentro de casa, no loteamento Marivan, no bairro Santa Maria, na capital sergipana, local onde também se encontrava um outro investigados no crime de execução do comandante da Ciopac. O indivíduo que estava na residência do ex-policial, era Edu dos Santos Oliveira de 38 anos, conhecido por Edu, que morava em Pedro Alexandre (BA).

Segundo a polícia, Antônio Brás fazia parte da organização criminosa envolvida em crimes de mando e pistolagem e também foi acusado de envolvimento na morte do deputado estadual Joaldo Barbosa, conhecido por " Nêgo da Farmácia", ocorrida no bairro Atalaia, em Aracaju, o ano de 2003.

Além do ex-policial e Edu, outras seis pessoas também morreram em confronto com policiais, sendo dois em Poço Redondo, no Alto Sertão Sergipano, identificados como José Cláudio Teles Ferreira de 31 anos e Aldair Santos Hora de 20 anos, outros dois em Barreiras, um em Paulo Afonso e um no município de Luís Eduardo Magalhães, todos no interior baiano.

O grupo criminoso também está envolvido em crimes de repercussão como a morte do vereador e presidente da Câmara Municipal de Carira, Jailton Martins de Carvalho de 46 anos, conhecido como Jailton do Preá, registrada no dia 09 de junho de 2017, além de um vereador de Poço Redondo e do ex-prefeito do município baiano de Pedro Alexandre, Petrônio Pereira Gomes de 50 anos, ocorrida em 30 de julho de 2016.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva