Ótica Perfil

Ofício encaminhado à gestão municipal de Itabaiana pelo Deotap pede informações sobre o funcionamento do matadouro no período de 2002 a 2012

Nova Investigação | 26.11.2018 às 14:51h

A delegada Thaís Oliveira Lemos, diretora do Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap) enviou à Prefeitura Municipal de Itabaiana, no Agreste do Estado de Sergipe, um ofício solicitando informações sobre o Matadouro Público referente aos anos de 2002 a 2012, período em que o município foi administrado por Luciano Bispo de Lima (MDB) e Maria Vieira de Mendonça (PSDB).

No documento, a delegada solicita informações sobre a quantidade de animais abatidos; os valores das taxas cobradas no abate; os responsáveis pelo matadouro no referido período; quem eram os secretários de Agricultura e os Prefeitos da época; quem era o procurador do município; e quem fazia a coleta dos resíduos dos animais.

O ofício N.º 820/2018 está com data de 19 de novembro de 2018 foi assinado pela delegada Thaís Lemos e endereçado ao senhor Prefeito (a) Municipal na Praça Fausto Cardoso, N.º 12, Centro - Itabaiana/SE.

As informações solicitadas pela delegada referem-se as gestões de Luciano Bispo (2002 a 2004), Maria Mendonça (2005 a 2008) e novamente Luciano Bispo (2009 a 2012). O crime por Excesso de Exação (cobrança indevida de tributos) prescreve após 16 anos.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva