Município de Itabaiana é condenado a pagar dívida da gestão do ex-prefeito Luciano Bispo

Herança maldita | 12.08.2017 às 12:04h

A Prefeitura Municipal de Itabaiana, no Agreste Central sergipano, terá que pagar R$ 241.567,20 (Duzentos e Quarenta e Um Mil, Quinhentos e Sessenta e Sete Reais e Vinto Centavos) ao Posto de Combustível Santa Isabel LTDA, localizado na cidade serrana, por dívida deixada na gestão do ex-prefeito Luciano Bispo de Lima (PMDB).

De acordo com o requerimento da empresa perante a justiça, esse valor é referente ao fornecimento de gasolina à prefeitura, durante a gestão de Luciano Bispo, entre os meses de setembro e dezembro de 2012.

Após recorrer da decisão, o município de Itabaiana, através da procuradoria municipal, obteve a redução do valor da condenação em honorários advocatícios, de 20% para 10%. Entretanto, o município não conseguiu se esquivar da obrigação de pagar a quantia acima mencionada, por ter sido comprovado no processo que o serviço foi prestado, mas não quitado.

Outros casos

Recentemente, a prefeitura de Itabaiana também foi obrigada pela justiça a pagar R$ 29.079,51 (Vinte e Nove Mil, Setenta e Nove Reais e Cinquenta e Um Centavos) a Romualdo Menezes Ferreira, ex-secretário de Administração da gestão de Luciano. Romualdo procurou a justiça para reivindicar o pagamento do salário do mês de dezembro, o 13.º salário e a indenização das férias, refenteres ao ano de 2012.

Além dele, o ex-secretário de comunicação, também da gestão de Luciano Bispo, João Batista Pereira Santos, acionou a justiça para recorrer dos mesmos direitos de Romualdo. Ele cobra da prefeitura a importância de R$ 29.512,86 (Vinte e Nove Mil, Quinhentos e Doze Reais e Oitenta e Seis Centavos). Este último caso ainda não foi julgado.

Da redação: Ascom da PMI/SE
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva