Ótica Perfil

Vendedor de coco raptado na capital sergipana é encontrado morto no município de Maruim

Executado a tiros | 11.12.2019 às 20:18h

O comerciante Lucas Santos Paes, 23 anos, que estava desaparecido da capital sergipana, quando foi levado como refém por criminosos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (11) nas imediações do acesso ao povoado Oiteiros, no município de Maruim (SE).

A vítima estava com ferimentos, possivelmente de arma de fogo, na cabeça. Equipes da Polícia Militar e da Criminalística estiveram realizando levantamentos na localidade e depois o corpo foi removido para ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju.

De acordo com a mãe da vítima, Patrícia Félix, por volta das 18h30 de terça-feira (10), Lucas estava trabalhando no estabelecimento, onde comercializava água de coco, no conjunto Orlando Dantas, quando foi surpreendido por dois homens armados. A dupla anunciou o assalto e recolheu toda a renda e pertences da vítima e de um funcionário, além de um Celta de cor azul. Na fuga, a dupla trancou o funcionário no estabelecimento e levou o comerciante como refém.

"Meu filho era trabalhador, não fazia mal a ninguém. Era um filho bom, obediente. Acordava todo dia 4h e só ia dormir depois das 10 h da noite enchendo garrafinha de água de coco", lamentou Patrícia Félix, que chegou a postar um vídeo nas redes sociais pedindo ajuda para encontrar o comerciante.

Ela cobra providências e uma investigação célere, que leve a identificação e prisão dos criminosos. "Nós somos prisioneiros. Amanhã posso amanhecer morta do mesmo jeito", desabafou Patrícia Félix.

Um fato que chamou a atenção é que, segundo a mulher, há pouco mais de um mês o pai dela também foi alvo de uma ação criminosa em Nossa Senhora das Dores. A vítima teria sido assaltada e enquanto permaneceu como refém dos criminosos foi torturada e espancada. (Foto: Mais Notícias/WhatsApp)

Da Redação: Informações da Agência Jornal de Notícias - AJN¹
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (79) 9-9977-1266 (Colabore com o Site com sugestões, fotos e vídeos)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva