Ótica Perfil

Mulher é presa em Itabaiana suspeita pelo delito de homicídio na cidade de Macambira

Em flagrante | 22.10.2018 às 20:29h

A Polícia Civil prendeu Érica Souza Santos, suspeita pelo delito de homicídio ocorrido na madrugada de domingo (21) na localidade conhecida como Matadouro, na cidade de Macambira, no Agreste sergipano.

A prisão foi efetuada na cidade de Itabaiana na manhã desta segunda-feira (22). A mulher foi localizada na casa de um tio, onde estava escondida desde o momento que assassinou o ex-companheiro Ancelmo da Silva Alves Júnior de 27 anos, conhecido por William. (Foto: Polícia Civil)

Após o assassinato, a suspeita se refugiou na casa da genitora e no início da manhã decidiu fugir para a cidade serrana, onde foi encontrada pelos policiais civis. A vítima morava no bairro Ceilão, na cidade de Campo do Brito (SE).

A ação policial foi coordenada pela delegada Lauana Guedes e em depoimento a suspeita revelou ter sido agredida com um tapa na face e ameaçada de morte pelo ex-companheiro durante uma seresta. (Foto: Reprodução/Mais Notícias)

Depois do desentendimento, Ancelmo se dirigiu para a residência de Érica, tendo revirado o local e em seguida, foi dormir. Ao chegar em casa por volta das 4 horas da madrugada e encontrar o ex-companheiro deitado em sua cama, a mulher se armou com uma faca e desferiu quatro golpes na região do tórax do mesmo, provocando a sua morte.

Durante o interrogatório, Érica confessou o crime e ainda afirmou que descartou a faca ao fugir da cena do crime. Ela se encontra custodiada na carceragem da Delegacia Regional de Itabaiana (SE) à disposição da justiça do Estado de Sergipe.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9977-1266 (Esse número não recebe ligações)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva