Ótica Perfil

Ex-presidiário é morto a tiros na área da Feira de animais de Itabaiana

Com arma de fogo | 26.07.2017 às 11:37h

A vítima, identificada como Jorge de Jesus de 44 anos, conhecido por Jorginho Carroceiro, estava na área destinada à comercialização de animais, situada no bairro Marcela, na cidade de Itabaiana (SE), quando foi alvejado a tiros e evoluiu a óbito na localidade.

O homem ainda chegou a travar luta corporal com o criminoso e após alguns metros do local onde recebeu os primeiros disparos de arma de fogo, ele caiu e não conseguiu mais reagir. Em seguida, o suspeito se aproximou do desafeto e à queima roupa, efetuou o tiro de misericórdia.

Foto: Mais Notícias / Gilson de Oliveira

A Polícia Militar, através do 3.º Batalhão do Agreste (3.º BPM) foi comunicada do fato por volta das 10 horas da manhã desta quarta-feira (26) e ao chegar à cena do crime acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Sergipe), tendo sido constatado pelos socorristas que o homem não mais possuía os sinais vitais.

O município de Itabaiana já contabiliza 50 assassinatos em 2017, onde o mês de julho é o segundo mais violente do ano.

Com a vítima, a polícia encontrou uma carteira porta-documentos com a importância de R$ 1.100,00 (Mil e Cem Reais), que segundo a família seria para a compra de um animal.

"Jorginho" era natural do município de Nossa Senhora Aparecida (SE) e seus familiares residem no bairro Bananeira, na cidade serrana, enquanto ele estava morando na cidade de Carmópolis (SE), inclusive estava na casa da mãe desde o dia anterior ao assassinato.

Por meio de consulta ao sistema, os policiais constataram que Jorge de Jesus possuía três passagens, sendo duas vezes em Itabaiana e uma na cidade de Moita Bonita (SE). Uma das prisões ocorreu no ano de 2005 pelo delito de roubo e ele havia deixado o sistema prisional do Estado em 15 de abril de 2016.

Da redação: Gilson de Oliveira
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva