Ótica Perfil

Ação civil pública: Ex-deputado federal do PT tem direitos políticos cassados

Improbidade administrativa | 01.05.2015 às 08:56h

O ex-deputado federal e ex-secretario de Saúde do Estado de Sergipe, Rogério Carvalho, presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), foi condenado à perda dos direitos políticos acusado de improbidade administrativa.


A ação civil pública foi movida pelo Ministério Público Estadual (MPE), após uma inspeção feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) junto ao Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), na qual foram constadas irregularidades no período de janeiro a outubro de 2007, à época, Rogério era o secretario de saúde.


A sentença do Juiz João Hora Neto condena Rogério Carvalho e Josias Dantas Passos, que atuava como diretor do HUSE, na gestão de Rogério na SES. Rogério teve seus direitos políticos cassados por 5 anos, enquanto Josias Dantas por 6 anos.


Em nota enviada à imprensa, Rogério Carvalho afirma que ainda não foi notificado sobre a ação. O ex-deputado afirma ainda que irá recorrer da decisão.


Leia o que diz a nota de Rogério Carvalho:


A respeito da Ação Civil Pública 201312100121 por Improbidade Administrativa, que tramitou na 21ª Vara Cível, o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Rogério Carvalho esclarece que, ainda não foi notificado da decisão do Juiz João Hora Neto e que assim o for, irá recorrer. Rogério está em Brasília, onde exerce o cargo de Assessor Especial do Ministro da Saúde.


FONTE: Fax Aju

 

Da redação:
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva