Ótica Perfil

Ministério Público determina intervenção em hospital de Lagarto

IRREGULARIDADES | 18.01.2014 às 09:34h

O Juiz da 2.ª Vara Cível da Comarca de Lagarto atendendo ao requerimento do Ministério Público de Sergipe, deferiu liminar em Ação Civil Pública determinando a intervenção da Associação de Caridade Nossa Senhora da Conceição, administradora do Hospital com nome similar, ambos localizados na Cidade de Lagarto.


Na liminar, o Magistrado determinou, ainda, a nomeação de um administrador judicial para durante o trâmite do processo, assumir a direção da Associação e da unidade de saúde.


O MP, através do trabalho conjunto das Promotorias de Justiça de Lagarto, instaurou inquérito civil e apurou baseado em várias denúncias, irregularidades na administração da referida associação, as quais comprometiam o efetivo funcionamento do Hospital Nossa Senhora da Conceição.


Foram constatados acúmulos de dívidas milionárias por parte do hospital com várias entidades prestadoras de serviço, dívidas trabalhistas excessivas, má aplicação de verbas de repasses públicos, tentativas de fraude contra o patrimônio da própria instituição e contra credores, além de vários problemas administrativos.


De acordo com a ACP, as irregularidades são oriundas da diretoria da instituição e os responsáveis pela direção se negaram a apresentar ao Ministério Público os documentos fiscais e administrativos que comprovariam o uso dos recursos públicos geridos pela Associação.


Por conta disso, os membros da citada diretoria são alvo de ações de improbidade administrativa e de ações penais propostas pelo Ministério Público de Sergipe.


FONTE: Ascom do Ministério Público Estadual

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva