Ótica Perfil

Justiça cassa mandato de vereador do agreste sergipano por compra de votos

FICHA LIMPA | 13.03.2013 às 16:08h

O presidente da Câmara de Vereadores de Areia Branca, Gibran Ramos Boaventura (PDT), foi condenado à perda do mandato em decisão do juiz José Amintas Menezes da Comarca de Laranjeiras.


O parlamentar é acusado de compra de votos durante e a decisão do magistrado foi baseada em gravações e anotações de uma empresa na qual uma testemunha declarou na Justiça o recebimento de uma ordem de entrega de 500 blocos, assinada pelo vereador, a época candidato.


Gibran Ramos Boaventura (PDT) disputou as eleições municipais de 2012 e obteve 278 votos, sendo eleito na nona colocação pela média. O vereador pode ficar inelegível por oito anos, de acordo com a Lei da Ficha Limpa.


AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proibida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva