LAGARTO: Justiça eleitoral impugna candidaturas majoritárias do PSC e PSDB

ELEIÇÕES 2012 | 16.07.2012 às 06:58h
A juíz eleitoral Leonardo Santana, da 12ª Zona Eleitoral, Lagarto, acatou, no último sábado, dia 14, o pedido de impugnação dos candidatos a prefeito daquele município, Valmir Monteiro (PSC), que tentava a reeleição, e Williame Fraga (Lila), do PSDB, além de mais 30 candidatos a vereador.

A impugnação de Valmir Monteiro foi solicitada pela coligação que dá apoio a Lila, em razão de atraso no registro. Segundo o processo de pedido de impugnação, Valmir Monteiro teria utilizado o prédio do fórum para fazer toda ata de homologação do seu nome para disputar a reeleição e fez o registro por volta das 22 horas do sábado (30), quando o prazo já havia se expirado desde as 19 horas.

A impugnação de Lila Fraga, solicitada pela coligação que apóia Valmir Monteiro, porque o candidato tucano tem o seu nome citado na relação dos inelegíveis. Ele é acusado de não ter prestado contas do Fundo Partidário, quando era tesoureiro do PTB, há 11 anos.

No processo, o advogado da coligação liderada por Valmir Monteiro alegou que mesmo com Lila Fraga tendo feito um acordo para pagar a dívida, isso não o inocenta do desvio de recursos.

Vereadores – Além da impugnação dois candidatos a prefeito, um pelo PSC e outro pelo PSDB, a juíza impugnou a candidatura de aproximadamente 30 candidatos à Câmara Municipal de Lagarto, entre ele alguns nomes que tentavam a reeleição.

Entre os impugnados está o presidente da Câmara Municipal de Lagarto, o Xexéu (PSD) e de mais três vereadores, como Jocélio (PSC), Fraga e Carminho da ambulância que tentavam a reeleição, além de outros candidatos que ainda não tinham mandatos.

O presidente da Câmara, Xexéu, teria sido impugnado por questões de irregularidades na prestação de contas, outros porque não passaram no teste para verificação didática, apesar de terem apresentado certidão de que tinham cursado o segundo grau.

Os impugnados foram notificados oficialmente da decisão pela juíza eleitoral no domingo, dia 15, e podem recorrer junto ao TRE em Aracaju e até ao TSE, em Brasília. Segundo fonte de Lagarto, a coligação de Lila Fraga já está com recurso pronto para dá entrada, enquanto o grupo liderado por Valmir Monteiro imaginava que o candidato não seria impugnado.

FONTE: FaxajuDa redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva