Ótica Perfil

MPF/SE: Ex-prefeito de São Cristóvão é condenado

PECULATO | 11.06.2012 às 23:13h

Assessoria de Comunicação do Ministério Público Federal em Sergipe

O ex-prefeito da cidade sergipana de São Cristóvão, Jadiel Campos, e o ex-secretário municipal de finanças, Wanderley Borges de Mendonça, foram condenados pelo crime de peculato. Eles sacaram mais de R$ 100 mil da conta específica do programa Bolsa Família e utilizaram o dinheiro para sanar uma dívida da prefeitura com a empresa que prestava serviços de limpeza urbana ao município.

Ambos foram condenados a dois anos e seis meses de reclusão e tiveram as penas convertidas a prestação de serviços comunitários e pagamento de prestação pecuniária, revertida para o Lar Infantil Nossa Senhora Santana - Lar de Zizi.

Relembre - O processo foi iniciado pelo Ministério Público do Estado de Sergipe (MP/SE), entretanto, a Justiça Estadual determinou o declínio de competência para a esfera federal. O Ministério Público Federal (MPF), então, passou a atuar no processo, ratificando a denúncia feita pelo MP/SE.

Em agosto de 2008, o então vereador Jadiel Campos foi eleito prefeito, em eleição indireta, para um mandato tampão que durou até dezembro daquele ano. Em setembro, Jadiel e Wanderley desviaram R$ 103 mil que deveriam ter sido utilizados para o pagamento do Bolsa Família no município. Os dois ainda podem recorrer da decisão.

Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva