Ótica Perfil

Prefeito de Itabaiana é sabatinado do Cabaré de 5.ª Executiva e alfineta Déda, Maria Mendonça e Valmir de Francisquinho

ENTREVISTA | 19.12.2011 às 08:41h

Com informações do Cabaré de 5.ª por Danilo Cardoso e Chico Freire

Continuando a rodada do Cabaré de 5ª Executivo, prefeito por quatro vezes do município de Itabaiana e pré candidato a reeleição, Luciano Bispo (PMDB) foi o sabatinado por jornalista durante a 44.ª edição do evento, que acontece no Bar Templo Gelado.
Durante a entrevista o gestor revelou momentos vividos na trajetória política, cenários das próximas eleições, relações com adversários e dificuldade em administrar um município que faz oposição ao Governo do Estado, e que não lançou Marcelo Déda (PT) candidato ao Senado Federal, apenas desejou boa sorte.

É importante comparecer nesta sabatina porque aqui podemos esclarecer alguns assuntos para a população de Itabaiana, sergipana e brasileira. Várias pessoas de Itabaiana vieram participar e puderam perguntar o que quiserem”, afirmou Luciano Bispo, que estava acompanhado do deputado estadual Arnaldo Bispo (DEM), do deputado federal Almeida Lima (PPS), do ex-secretário de Estado da Fazenda Nilson Lima (PPS) e do secretário de Comunicação do Município, Marcos Aurélio.

Marcelo Déda

O governador tem um pecado muito grande na sua administração. Déda criou uma barreira entre ele e os políticos. Ele não atende ninguém, enquanto o seu maior adversário abre as portas e atende a todo mundo. Só consegui ser atendido pelo governador agora, no quinto ano do seu mandato. O governo do estado nunca me perseguiu, Déda ficou com raiva de uma brincadeira que fiz dizendo que dois litros de água das barragens do governo de João Alves vale mais caro que qualquer obra que Déda colocou na cidade.

Itabaiana dá muito para Sergipe, tem um poder de influencia grande dentro de uma eleição estadual. Agora o governador que implantar o Ceasa na cidade, essa semana estive com Ferrari para vê o andamento do projeto, caso venha a obra, Marcelo Deda marcará o nome na cidade porque esse é um sonho antigo do povo do município.

PMDB

Garanto que não vou ficar em cima do muro na eleição de 2014. Eduardo Amorim teve uma raridade em Itabaiana onde todos os grupos políticos o apoiaram na última eleição, foram mais de 36 mil votos na cidade. A questão de Marcelo Déda, Eduardo Amorim, João Alves Filho e Jackson Barreto só resolverei quando chegar a hora. Primeiro tenho que pensar em minha eleição em 2012. Se perder a eleição serei rolete de cana chupado e não posso mais opinar em nada.
Para Luciano, o caminho que se está desenhando em Sergipe, é JB versos Amorim. Quando eles se resolverem ou vou me resolver, mas garanto que não ficarei em cima do muro, reafirmou.

Ministério Público

Nunca tive meu mandato ameaçado. Claro que todos que foram prefeitos de Itabaiana receberam processos por falhas técnicas, mas ganhei todos em primeira instância. Inclusive na semana passada ganhei mais um. Em 2004 a CGU veio fiscalizar o município e questionou porque eu tinha comprado aos Peixotos. A CGU disse que eu implantei o cartel, mas os Peixotos são seis irmãos e concorrem entre eles. Todos sabem que eles dominam o comercio de Itabaiana. Esse questionamento tenho como provar e irei provar. O importante é que a merenda escolar estava sendo entregue em dia. Comprei R$ 103 mil e a multa que aplicaram foi de sete milhões de reais.

PT Itabaiana

Fico surpreso quando as pessoas me questionam do PT de Itabaiana. O PT só elegeu um vereador na cidade que agora está com o prefeito. O PT estadual é uma coisa e o PT de Itabaiana é outra, e tenho orgulho de ter Oliver ao meu lado pro seu um homem de bem. Quem colocou Oliver nos meus braços foram os meus adversários, onde foi mal tratado dentro do seu próprio partido. Não tenho nenhum compromisso de com vi em Itabaiana, e sei que Déda vai está em outro palanque e cada um procura o seu espaço. Uma vez fui convidado a me retirar do palácio porque disse que votava em Lula. Esse fato aconteceu quando Valadares era governador e em uma reunião com prefeitos perguntou que votava em Lula, e eu disse que votava em Lula e não em Collor. José Carlos Machado dizia que eu era o único capitalista que votava em Lula.

Albano Franco

Apoiei Albano Franco na sua campanha de governador e pedi que ele fosse em Itabaiana para tomar um posicionamento. Eles estavam prestes a perder a campanha lá. Mais sabia que ele era aliado a muito tempo de Chico de Miguel. Depois de Albano eleito recebo uma ligação de Benedito Figueiredo, então vice-governador, que pediu que fosse ao palácio falar com Albano. Na reunião estavam Albano, Benedito e eu. No encontro Albano veio com uma conversa sem pé nem cabeça dizendo que Pimenta Neves disse que Chico de Miguel queria sair do PSDB e ir para o PMDB e que ele (Albano) deveria romper comigo. Olha só que conversa. Sai de lá que quase não conseguia abrir a porta da sala. Chorei no carro até chegar em Itabaiana pensando no que ia dizer para o povo de Itabaiana.

Maria Mendonça

Não acredito que alguém seja uma boa administradora se não tinha uma secretaria de Planejamento e de Cultura. Perguntem a Maria Mendonça quantas escolas ela construiu em Itabaiana. Eu faço em Itabaiana uma sala de aula a cada 45 dias. Ela criou a SMTT e não implantou. Quando voltei a prefeitura encontrei tudo pronto e implantei. Eu fiz todos os concursos na cidade e na administração dela aconteceu um concurso e ninguém foi chamado, nem recebeu o dinheiro de volta. Ao invés de Maria Mendonça chamar 600 concursados, ela contratou 600 cargos de comissão. Isso que ela fez é uma boa administração. O povo de Itabaiana deu a resposta a ela na eleição de prefeito, por isso não tenho medo de nenhum adversário.

Espero que Valmir e Maria se entendam, só precisa saber quem confia no outro. Eu não sei se essa confiança existe.

 

Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva