Ótica Perfil

Internautas comentam ação dos policiais do Batalhão do Choque contra vereador itabaianense

OPINIÃO | 07.09.2011 às 17:19h

Leia a seguir alguns comentários enviados por internautas para o website a respeito da arma de fogo que estava no carro do vereador Valmir dos Santos Costa e que foi apreendida pelos policiais do Choque na Praça Fausto Cardoso, em Itabaiana (SE).

"Pelo que estou vendo (Blog Edivanildo Santana) a detenção do Vereador Valmir virou caso de Marketing, tanto para a SSP, que divulgou a ação realizada perante o vereador, como também por parte da Secretaria de Comunicação Social da Prefeitura de Itabaiana, representada por Marcos Aurélio. Será que é essa a função que deve ser realizada pela Secretaria de Comunicação Social, em defender a PESSOA de Luciano Bispo? Já estou passando a acreditar em Valmir quando ele diz que estão armando pra cima dele, pois se não foi, mas agora tá parecendo ser."

"Olha bem, falar que a atitude dos policiais é suspeita é no minimo achar que a população de Itabaiana é idiota...
Quando foi que ocorreu de Valmir ameaçou alguma pessoa?
Quanto a possuir uma arma, meu Deus, gostaria que todas as armas das autoridades de Itabaiana fossem apreendias.
A delegacaia ficaria cheia...
Concordo plenamente que foi um caso pensado e tramado
..."

"Com certeza isso foi algum "amigo" (pra não falar outra coisa) que sabe da movimentação de Valmir, que denunciou. Abre o olho Valmir!"

"O vereador até hj não teve nada registrado de grave, e além do mais, ele foi liberado pois é crime AFIANCÁVEL. Entao ele teve o direito de sair!!! e vcs estão esquecidos de quando mataram XUXA NA PREFEITURA?????????????? ter uma arma não é sinonimo de que ele fez algo, apenas ele estava errado por não ter o documento de porte!"

O assunto também foi destacado pelo radialista Rosalvo Soares em seu blog (www.fmitabaiana.com.br/rosalvosoares)

O assunto principal na sessão de segunda-feira, dia 5, foi a ação da polícia no último sábado a noite contra o vereador Valmir de Francisquinho (PSB), que foi conduzido a delegacia por posse ilegal de arma de fogo.
O vereador disse que foi alvo de uma armação, pois a polícia sabia que no veículo existia uma arma, e que os políciais chegaram na Praça Fausto Cardoso no início da noite, e só agiram por volta das 23h30, quando o vereador se aproximou do veículo, visto que segundo ele, se preparava para guardar o carro na garagem. O vereador reside na praça. "Não estou aqui pra julgar ninguém, mas que parece armação, parece".

A ação dos policiais do Batalhão do Choque da Polícia Militar de Sergipe aconteceu na noite de sábado, dia 03, na Praça Fausto Cardoso, em Itabaiana (SE), quando os PMs ficaram escondidos na cabine de um cash bancário a espera do vereador Valmir dos Santos Costa (Valmir de Francisquinho), PSB, para revistar o seu carro.

O veículo se encontrava estacionado na referida praça desde das 19 horas até o momento da ação policial quando o parlamentar foi buscar o carro para guarda-lo na garagem, uma vez que ele morava no mesmo local.
O caso foi encaminhado à Delegacia Regional de Polícia Civil, inclusive o vereador foi conduzindo o seu próprio veículo, e após pagar fiança, foi liberado em seguida.

Outro detalhe, é que o vereador entregou a chave e foram os próprios policiais que abriram e revistaram o carro.

A ação policial foi destaque na sessão na Câmara Municipal quando em pronunciamento os vereadores Zé Teles (PSB), Erivaldo de Rezende (PHS), Francis de Andrade (PMDB) e o presidente da casa, Heleno Tavares da Mota (PSC), repudiaram a forma como os policiais agiram, uma vez que o veículo do parlamentar se encontrava estacionado e eles ficaram escondidos por quase cinco horas esperando o retorno do seu proprietário que se encontrava participando de um leilão em um povoado do município.

A utilização deste e outros artigos deve respeitar a Lei dos Direitos Autorais. Sua veiculação está previamente autorizada desde que as informações autorais sejam citadas.

Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva