Ótica Perfil

Vereador de Gararu e ex-candidatos são condenados por compra de votos

TRE/SE | 04.08.2011 às 06:56h

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) condenou as candidatas não eleitas a prefeita Gilzete Dionízia de Matos (Zete), a vice-prefeita Maria Luciene Cacho Resende e o vereador eleito Luciano Araújo de Souza (Nininho) por compra de votos nas eleições de 2008. A Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe (PRE/SE) deu parecer favorável pela manutenção da condenação em primeira instância, que determinou a cassação do registro de candidatura e pagamento de multa no valor de 50 mil UFIRs.

Um eleitor denunciou ter recebido mil reais para votar nos então candidatos Luciano e Gilzete. O oferecimento da compra de voto foi feito por um cabo eleitoral da coligação, que estava acompanhado de Luciano. Já o pagamento foi efetuado pelo cabo eleitoral, sendo que o eleitor filmou o momento em que o dinheiro lhe foi entregue.

Em seu parecer, a PRE/SE destaca estar clara a participação de Luciano Souza, que chegou a ir pessoalmente à casa do eleitor participar das negociações da compra de voto. Além disso, a conversa filmada demonstra que, a todo instante, o cabo eleitoral afirmava que o voto deveria ser “casado”, ou seja, o eleitor deveria votar tanto no então candidato a vereador, como na candidata a prefeita, Gilzete Matos.

Os membros do TRE/SE acompanharam unanimemente o voto da relatora Marilza Maynard Salgado de Carvalho pela manutenção da sentença da primeira instância.

Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva