Ótica Perfil

Repórter é proibido de adentrar ao hospital por determinação de gerente da unidade de saúde

DITADURA | 22.07.2011 às 23:53h
Após perceber a minha presença nas dependências do Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho, em Itabaiana (SE), a senhora Michelle Prata, gerente do hospital e que também está respondendo interinamente pela direção do mesmo, uma vez que o diretor Fábio Pinheiro se encontra em gozo de férias, ela chamou o porteiro e questionou quem havia autorizado a minha entrada no local.

Eu me encontrava no interior da unidade hospitalar para buscar informações com a Polícia Militar a respeito das duas pessoas que foram socorridas depois de serem feridas por arma de fogo no centro da cidade. Ao sair para atender a um chamado na parte externa do hospital, tentei retornar para acompanhar a remoção de um dos pacientes para a capital sergipana, quando fui impedido pelo porteiro.

Ao mesmo tempo fui comunicado pelo mesmo que só poderia entrar naquele local com autorização da direção.

A senhora Michelle Prata é esposa de Ednaldo Prata, o “Naldinho do PT”, que foi exonerado do cargo de coordenador da Ciretran de Itabaiana na última terça-feira, dia 19, pelo presidente do Departamento de Trânsito de Sergipe (Dentra/SE), o ex-deputado federal Bosco Costa (PDT).

Durante os 20 anos que moro e desenvolvo a minha profissão de radialista em Itabaiana, esta foi a primeira vez que tive o acesso proibido às dependências do Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho.

Resta agora saber qual teria sido o motivo dessa proibição por parte da senhora Michelle Prata.
Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva