Domingo, 11 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 24ºC | Máx: 30ºC

Rogério Carvalho consegue direito de exercer mandato de federal

JULGAMENTO | 15.12.2010 às 07:45h
Com informações do Universo Político – Por Raissa Cruz

Por unanimidade os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deferiram a candidatura do deputado federal eleito Rogério Carvalho, na noite desta terça-feira, dia 14. Os ministros acompanharam o voto do ministro-relator, Arnaldo Versiani.

Rogério recebeu no último dia 03 de outubro mais de 116 mil votos nas urnas, mas teve sua candidatura indeferida por uma ação movida pela Procuradoria Regional Eleitoral, e aceita pelo TSE, alegando que o mesmo não se adequava a Lei do Ficha Limpa, que impede políticos condenados de exercerem mandatos. Isso porque, Rogério havia sido condenado por ato de improbidade administrativa envolvendo o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Hospital João Alves Filho, quando o mesmo era secretário de Estado da Saúde.

No dia 09 deste mês, Rogério foi absolvido pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), que entendeu que o ex-gestor não tinha responsabilidade pelas contas do hospital, mas sim o seu diretor Josias Passos, que, inclusive, foi mantido condenado. A partir da decisão do TCE, os advogados de Rogério Carvalho puderam alegar ao TSE que não havia mais fatos que justificassem ser indeferida a candidatura de Rogério com base na Ficha Limpa.

Com a vitória do recurso de Rogério no TSE, o deputado eleito mais votado de Sergipe, poderá tomar posse, e Fábio Reis (PMDB), que seria diplomado em lugar de Rogério Carvalho passará para a primeira suplência da coligação liderada pelo PT.
Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva