Ótica Perfil

Eleições 2010: 65 cidades contarão com identificação pela digital

Mudança de identificação | 05.06.2010 às 06:21h
Enquanto o Congresso debate a possibilidade de incluir uma foto 3x4 ao título de eleitor, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) coloca em prática, desde 2008, uma alternativa para deixar as eleições mais seguras: a identificação por impressão digital.

Neste ano, cerca de 1 milhão de eleitores de 65 municípios já devem ser identificados pela digital na urna antes de votar. A ideia é que todo o eleitorado possa fazer isso em até dez anos.
"Esperamos que pelo menos 40% dos eleitores já votem identificados pela digital em 2014", disse o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino.

A primeira experiência com as chamadas urnas biométricas foi nas últimas eleições municipais, quando três cidades participaram do projeto piloto. Segundo Janino, o programa apresentou apenas casos isolados de eleitor cuja digital não foi identificada na hora da votação.
Quando isso ocorre, o mesário pode liberar a urna para que o eleitor possa votar. Janino afirma que, em 2008, o índice de problemas do tipo não ultrapassou 1%.

Neste ano, porém, os eleitores continuam obrigados a apresentar o título, agora com documento com foto.
Para as eleições de 2010, a identificação digital ainda não ocorrerá em capitais ou grandes cidades. O maior município contemplado será Canoas (RS), com cerca de cerca de 200 mil eleitores.

Os outros 64 municípios, espalhados por 22 Estados do Brasil, foram escolhidos por indicação dos TREs (Tribunais Regionais Eleitorais). Nesses locais, a Justiça Eleitoral recadastrou os eleitores e registrou suas digitais.
Apesar disso, das 500 mil urnas que existem no Brasil, cerca de 300 mil já possuem leitura biométrica.

Com informações da Folha online
Da redação:
Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva