Justiça determina interdição do matadouro de Itabaiana

Agreste Sergipano | 07.08.2017 às 22:02h

Em cumprimento a ordem judicial, interposta pelo Ministério Público de Sergipe, a Administração Estadual do Meio-Ambiente de Sergipe (Adema) realiza a interdição do matadouro municipal de Itabaiana, proibindo o abate de quaisquer animais e a respectiva comercialização de suas carnes, até a obtenção das licenças administrativas de funcionamento.

A Adema esclarece que, por meio de Ação Civil Pública, o Ministério Público autuou o Estado de Sergipe e o Município de Itabaiana, determinando-lhes medidas imediatas sobre o matadouro. Ao Estado, devido à ordem judicial, coube a interdição do espaço.

Expedida pela promotora de Itabaiana, Cláudia Calmon, a decisão afirma que o matadouro de Itabaiana oferece risco concreto à saúde da população e dano ambiental, decorrente da não obediência às condições adequadas de salubridade e higiene.

Segue o trecho da decisão:

"(...) o representante do Ministério Público constatou que o matadouro do Município não possuía condições mínimas de funcionamento e de higiene para o abatimento de animais, asseverando ainda que na parte interna do imóvel não contém estrutura em quaisquer de suas etapas (...)", diz a Ação Judicial de número 201452101419.

Da redação: com informações do Blog Primeira Mão
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Não recebe chamadas)
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Política
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva