Ótica Perfil

Em menos de 24 horas, suspeito de estuprar criança em Lagarto é preso pela Polícia Civil

Ação policial | 04.05.2016 às 20:49h

estupro criança Lagarto SergipeEm ação desenvolvida pela Delegacia da Mulher de Lagarto e Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE), com apoio da Divisão de Inteligência Policial (DIPOL), Delegacia Regional de Lagarto e de agentes do Gabinete do Secretário de Segurança, resultou na prisão de Suemisson de Oliveira Santos, 26 anos, suspeito de cometer estupro, no município de Lagarto, contra uma menina de 10 anos.

O jovem é natural de Simão Dias (SE) e reside no mesmo município, no entanto, ele é funcionário público de Lagarto, onde exerce a função de gari.

Suemisson de Oliveira Santos foi localizado na tarde de terça-feira (03) e não reagiu à prisão, mas nega ter cometido o delito. Ele será indiciado pelos crimes de estupro de vulnerável agravado por lesão corporal e sequestro.

O crime ocorreu por volta das 12 horas de segunda-feira (02) quando a criança saia da escola na Avenida Brasília, no bairro da Exposição. A vítima foi colocada dentro de um carro e o suspeito a levou para um motel, onde a violentou sexualmente e ainda praticou agressões físicas. Depois o indivíduo abandonou a criança em uma estrada vicinal do povoado Saco da Tapera, zona rural do município lagartense, quando a mesma foi encontrada por moradores da comunidade.

A menina foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro, em Lagarto, e depois transferida para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em Aracaju, onde recebeu atendimento, sendo posteriormente levada para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, unidade especializada em atender vítimas de violência sexual, para ser submetida a exames específicos.

Da redação: Gilson de Oliveira, Mais Notícias
Contatos: e-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561
*Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva