Ótica Perfil

Preso em Sergipe suspeito de integrar o PCC

| 09.12.2007 às 10:31h
Acusado de homicídio qualificado e foragido da Justiça paulista há mais de uma década, Ricardo Alves Pinto de 31 anos, foi preso no município de Carmopólis em cumprimento a um mandato expedido pela 1ª Vara Criminal e Júri da Comarca de São Vicente/SP .
A ordem de prisão tinha validade até 2008 e foi encaminhada a Sergipe via fax, por solicitação do delegado Jonathas de Oliveira.
O acusado estava trabalhando em Carmópolis, como operador de guindaste, para uma empresa que presta serviço a Petrobras e a polícia chegou até o mesmo após receber uma denúncia anônima.
Ricardo Alves Pinto foi encaminhado a unidade policial de Carmópolis e posteriormente foi transferido para a Polinter onde permanecerá à disposição da Justiça de São Paulo.
Apontado como sendo o autor do assassinato de Cristina Alice Florida, em julho de 1996, Ricardo Alves Pinto fugiu de São Paulo e estava morando em Aracaju há dez anos.
A Polícia suspeita também que ele tenha envolvimento com o Primeiro Comando da Capital (PCC), organização criminosa formada principalmente por traficantes de armas e drogas, que ganhou projeção em meados da década de 90 no Estado de São Paulo.

Contatos: gilsondeoliveira@itnet.com.br
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva