Ótica Perfil

Corpo de mulher esmagada por caminhão é identificado por familiares no IML

ATROPELAMENTO | 24.05.2009 às 21:05h

Os familiares da mulher que morreu esmagada por um caminhão Mercedez 1620 na área do Mercado Hortifrutigranjeiro no Largo José do Prado na manhã de sexta-feira, dia 22, reconheceram o corpo da mesma no Instituto Médico de Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju, no sábado, dia 23. Trata-se da senhora Maria Antonia da Conceição, 74 anos, que residia na Rua Batista Itajaí, 191, próximo ao local onde aconteceu a tragédia.
A vítima era cunhada de Zé de Carreiro e havia retornando de São Paulo para morar em Itabaiana desde a eleição do ano passado.
De acordo com informações passadas por familiares, a senhora Maria Antonia não era catadora de verduras. Ela havia saído de casa para comprar verduras em um supermercado da cidade, e no retorno para casa a sacola de compras arrebentou e quando ela se agachou para recolher os tomates acabou sendo esmagada pelo pneu dianteiro do caminhão que passou sobre seu corpo, provocando sua morte instantaneamente.
Ainda de acordo com a família, o aparelho celular e o dinheiro que se encontrava com a vítima não foram encontrados no local do acidente.
O corpo de Maria Antonia foi velado na Igreja Adventista do 7º Dia localizada à Rua Quintino Bocaiúva e sepultado no final da tarde de domingo, dia 24, no Cemitério de Santo Antonio e Almas de Itabaiana. 
   
Fotos: Jaíme da PerfilDa redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva