Ótica Perfil

Jornalista é encontrado em lanchonete de Supermercado na capital sergipana

Alarme falso | 29.12.2015 às 12:52h

Jornalista Anderson Christian Lagarto SergipeA situação não está devidamente esclarecida, no entanto, o jornalista Anderson Christian foi localizado no final da manhã desta terça-feira, dia 29, na lanchonete de um supermercado na capital sergipana.


Desde o último domingo, dia 27, que os familiares estavam sem nenhum contato com o mesmo. Segundo informações passadas pela esposa do jornalista, ele havia passado o fim de semana com a família e amigos em Lagarto (SE), quando visto pela última vez dentro do próprio carro na Praça da Caixa D'água, centro da cidade.


Informado pelo amigo sobre a preocupação dos amigos e familiares a respeito de sua ausência nos últimos dois dias, Christian apenas disse que havia perdido o celular e que ficou sem contato com os mesmos. A família já havia acionado a polícia, quando a mesma deu início a investigação sobre um suposto desaparecimento.


Anderson Christian é formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo e radialismo, tendo atuado como Secretário de Comunicação do Município de Itabaiana no início da gestão do prefeito Valmir dos Santos Costa.

 

Anderson esclarece


No Facebook, Anderson esclareceu o que aconteceu:
"Amigos e amigas, gente que me conhece ou que não, mas ainda assim se importou, me permitam um breve esclarecimento. Há 10 anos que vivo um dilema, pois foi em 2006, 3 de janeiro, que perdemos nosso primogênito, Lucas. Este 2015, depois de 10 de dezembro, quando ele completaria idade nova se entre nós estivesse, foi pior do que os outros anos. Mais triste que o normal. Daí para a saída fácil, foi um pulo. Bebi no último domingo e, como há muito não bebia, passei mal, mas muito mal mesmo. Dormi no carro, que ficou sem bateria porque deixei o farol aceso. Ontem, segunda, 28, procurei um mecânico, resolvi o problema e fui para um Hotel em Lagarto, o Mediterrâneo. Dormi, celular descarregado, e acordei hoje preocupado com o trabalho. Antes de passar em casa, vim para o Cinform e só aqui me dei conta do trabalho que dei, mesmo que não fosse essa a minha intenção. Peço desculpas a todos. E digo obrigado também. Mas o meu maior pedido de desculpas vai para Netinho, Christian e Maria. Minha amada família".

 

Da redação: Gilson de Oliveira, Mais Notícias


Você pode contribuir com o portal enviando informações para:
E-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Disponível apenas para mensagens de texto e fotos)


* Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva