Ótica Perfil

Polícia Civil prende quadrilha de receptadores de cargas roubadas em SE e BA

Receptadores | 22.12.2015 às 19:34h

Uma investigação de seis meses da Delegacia de Repressão ao Roubo de Cargas (DRRC) da Polícia Civil prendeu nessa terça-feira, 22, oito integrantes de uma quadrilha de receptadores de cargas roubadas ou desviadas por caminhoneiros, particularmente nos municípios de Loreto (BA), Cristinápolis e Lagarto.


recepatdores cargas roubo quadrilha Segundo o delegado Cristiano Barreto, após os roubos, os produtos eram repassados para os líderes da quadrilha Adílson Góis Carvalho, 34, Luciano Lima de Jesus, 31, o 'Luciano Real', que está preso há três meses por assalto a carga roubada e que teve um novo mandado de prisão expedido pela Justiça.


Além dos líderes, também foram presos Gilvan dos Santos Lima, 34, o 'Nenê de Itabaiana', Leonardo Mota, 32, o 'Bruno', Manoel Messias Menezes Lima, 37, o 'Bainho', Sérgio do Nascimento Alcântara, 36, Lucas Júnior Bispo da Mota, 24, Osvaldo de Oliveira Carvalho, 28, e Vanessa de Jesus, 28. Foram cumpridos cinco mandados de prisão, oito de busca de apreensão em depósitos e estabelecimentos comerciais e realizadas três prisões em flagrante por porte ilegal de arma de fogo nas cidades de Laranjeiras, Salgado, Japaratuba, Lagarto, Itaporanga D'Ajuda e no bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju.


"Essa quadrilha tinha em comum o fato de gerenciar estabelecimentos comerciais com o mesmo nome: mercearia Itabaiana, supermercado Itabaiana ou mercadinho 100% Itabaiana, e tinha como principal organizador o Adílson Góis e o Luciano", explicou.


Operação


receptadores carga roubadaCerca de 50 policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), Departamento de Narcóticos (Denarc), Divisão de Inteligência (Dipol) e da DRRC participaram da operação. Foram aprendidos um caminhão para averiguação, além de um veículo HB20, um SW4, uma Hillux, entre outros, cerca de R$ 50 mil em espécie e em cheques, quatro revólveres e várias munições, celulares e vários produtos roubados.


"Todos os presos são receptadores e agiam há muito tempo no Estado, recepatdores cargas roubo quadrilhacomercializando produtos roubados e ou desviados por caminhoneiros. A primeira apreensão dessa quadrilha ocorreu em um posto de lavagem de Gilvan dos Santos Lima, o 'Nenê de Itabaiana' e outras apreensões foram feitas no decorrer dos levantamentos", destacou o delegado.


O delegado-geral da Polícia Civil, Everton Santos, disse que vender produtos ilegais causa um prejuízo a economia, além de ser uma forma desleal de concorrência. "A Polícia Civil está atenta e vai combater com força essas organizações criminosas", finalizou.


Da redação: Ascom - SSP/SE


Você pode contribuir com o portal enviando informações para:
E-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9-9660-2561 (Disponível apenas para mensagens de texto e fotos)


* Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva