Ótica Perfil

Bandido de São Domingos é recapturado em Povoado de Lagarto

PRISÃO | 21.04.2009 às 19:58h
Depois de três meses de perseguição, no último final de semana, a Policia Militar conseguiu prender Ysriel dos Santos, de 21 anos, conhecido como ‘Léo`, um bandido perigoso que estava aterrorizando os municípios de São Domingos, Simão Dias e Lagarto.
Ysriel Santos, responde a processos por estupro, latrocínios, homicídios e roubos e estava foragido do Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão. O fugitivo é condenado a mais de 40 anos de reclusão.
A guarnição do 7º Batalhão, sediado em Lagarto, conseguiu efetuar a prisão de Léo em um assentamento de SemTerra, em Lagarto, onde estava escondido. No primeiro dia de perseguição, houve troca de tiros e um dos comparsas de Léo acertou o soldado Xavier com dois tiros, que foi salvo por estar utilizando um colete à prova de balas. Com o fugitivo foi encontrado um revólver calibre 38.
Ysriel dos Santos saiu ferido com dois tiros na região da cintura e foi encaminhado ao Hospital Regional de Lagarto. Devido à gravidade dos ferimentos ele teve que ser transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho, onde permanece internado.
A Polícia Militar já tem um mandado de prisão autorizando a condução de Ysriel dos Santos para o presídio de Itabaiana após alta médica.
Léo foi condenado a 16 anos de reclusão em regime fechado por assalto e estupro contra duas mulheres. Fato ocorrido em 04 de abril de 2006.
Ysriel dos Santos conseguiu escapar da Delegacia de São Domingos e foi recapturado meses depois na cidade baiana de Jeremoabo.
Ele estava recolhido ao Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto, em São Cristóvão, e no dia 11 de novembro do ano passado acabou fugindo do fórum de Campo do Brito, enquanto aguardava o início da audiência do processo que responde por roubo. Ysriel estava algemado e ao pedir para ir ao banheiro, conseguiu escalar o telhado e fugiu. Um dia antes da fuga, ele foi julgado pela juíza Maria Diorlanda Castro Nóbrega, da Comarca de São Domingos, e condenado a 26 anos e seis meses de reclusão por homicídio.
Consta no processo que o crime aconteceu no dia 21 de novembro do ano passado, no Beco do Periperi, em São Domingos. A vítima, o vigilante Djenal Santana Nascimento, foi atraída para o local pela ex-namorada Ivanete Leal da Paixão, que foi condenada a 24 anos e seis meses de reclusão, usando como desculpa que havia discutido com o namorado Léo. No entanto, o objetivo dos criminosos era roubar a arma da vítima. Djenal foi alvejado com um tiro e depois teve a cabeça decepada.

Com informações do Atalaia AgoraDa redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva