Ótica Perfil

Ex-funcionário de empresa prestadora de serviço ao hospital de Lagarto destrói recepção da unidade de saúde

Surto | 11.10.2015 às 15:29h

homem surto hospital Lagarto SergipePor volta das 8h30min da manhã deste domingo, dia 11, um homem invadiu a recepção azul do Hospital Regional de Lagarto Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro, em seguida, destruiu vários equipamentos como computadores, impressoras, central telefônica, bebedouro, a bancada de mármore, cadeiras e um aparelho de TV.


O homem é ex-funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviços na área do refeitório para a unidade hospitalar e havia sido demitido há aproximadamente 15 dias. A ação descontrolada do indivíduo deixou funcionários e pacientes assustados.


A direção do hospital acionou a polícia imediatamente e o homem foi preso em flagrante ainda na recepção, sendo posteriormente conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil. Um boletim de ocorrência também registrado na unidade policial.

 

Hospital Regional Lagarto Sergipe Hospital Regional Lagarto Sergipe Hospital Regional Lagarto Sergipe

(Fotos: Rádio Patrulha/WhatsApp)

 

A Assessoria de Comunicação da Fundação Hospitalar de Saúde se manifestou através de uma NOTA À IMPRENSA


A direção da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS) lamentavelmente vem informar que, por volta das 8h30 deste domingo (11), a Recepção Azul do Hospital Regional Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro (HRL), em Lagarto, na região Centro Sul de Sergipe, foi alvo de um ato de vandalismo que causou grandes prejuízos à unidade.


Um ex-funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviços ao HRL, armando-se com um extintor de incêndio da própria unidade, destruiu vários equipamentos da recepção Azul, como computadores, impressora, central telefônica, bebedouro, bancada de mármore, aproximadamente 30 cadeiras e aparelho de TV.


Informa ainda que tão logo aconteceu o fato, a gestão do HRL acionou as autoridades policiais locais e o Corpo de Bombeiros, bem adotou as demais medidas legais que esse tipo de caso requer, como o efetivo registro de Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Regional.


A direção da FHS esclarece ainda, por meio da gestão do HRL, que foram verificados apenas prejuízos materiais, sem registro, portanto, de pessoas feridas durante o episódio e que o atendimento à população usuária continuará mantida.

 

Assista ao vídeo no momento do ataque



Da redação:
Gilson de Oliveira, Mais Notícias


Você pode contribuir com o portal enviando informações para:
E-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9660-2561 (Disponível apenas para mensagens de textos e fotos)


* Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva