Domingo, 04 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 23ºC | Máx: 29ºC

Justiça define data de julgamento dos irmãos acusados de matar idoso em Nossa Senhora Aparecida

JÚRI POPULAR | 31.08.2015 às 07:40h

Júri Popular Itabaiana SergipePor solicitação do Ministério Público Estadual (MPE/SE), o Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ/SE) deferiu o pedido de desaforamento (Mudança do local de julgamento) e o Júri Popular dos irmãos José Genivaldo de Oliveira, Josué Oliveira e José Gileno de Oliveira foi transferido do Fórum da Comarca de Ribeirópolis para o Fórum Maurício Graccho Cardoso do município de Itabaiana (SE).


A justiça definiu o dia 22 de setembro para o sorteio dos jurados e a data de 27 de outubro às 09 horas da manhã para a realização do Júri Popular no auditório do Fórum Maurício Graccho Cardoso, na cidade de Itabaiana (SE).

Júri Popular Itabaiana Sergipe
Os irmãos são acusados de matar o idoso José Antônio dos Santos, conhecido como "Tota de Percilio", com um tiro de escopeta dentro da própria residência da vítima. O crime ocorreu na tarde do dia 14 de abril de 2013, no povoado Cruz das Graças, município de Nossa Senhora Aparecida, quando os suspeitos chegaram ao bar da localidade e ligaram um som automotivo. Se sentindo incomodado com o barulho, o idoso se dirigiu aos irmãos e solicitou que o volume do som fosse diminuído.


O fato gerou uma pequena discussão e terminou com o idoso, à época com 78 anos, sendo executado na frente da companheira. A vítima era primo da desembargadora Aparecida Gama, atualmente presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) e do juiz aposentado José Rivaldo dos Santos.


Após o assassinato os irmãos conseguiram fugir do flagrante e passaram cerca de quatro meses escondidos, quando resolveram se entregar na Delegacia Cidadã de Estância (SE), acompanhados de um advogado.


Por duas vezes, o júri já foi adiado a pedido do Ministério Público Estadual, por alegar interferência de familiares dos acusados junto às pessoas convocadas pela justiça para compor o conselho de sentença.


Da redação: Gilson de Oliveira, Mais Notícias
Você pode contribuir com o portal enviando informações para:
E-mail: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
WhatsApp: (079) 9660-2561 (Disponível apenas para mensagens de textos e fotos)


* Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

 

Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva