Ótica Perfil

Tentativa de homicídio deixa três pessoas feridas

VIOLÊNCIA | 26.03.2009 às 17:27h

Renan Santos Mendonça, morador da Rua Monsenhor Constantino, Anderson Brito Barbosa, 26 anos, residente à Rua Coronel Sebrão, e José Dias dos Santos, 53 anos, também morador da Rua Monsenhor Constantino, foram feridos por arma de fogo por volta das 20 horas de quarta-feira, dia 25.
A ação criminosa aconteceu na Rua Monsenhor Constantino no cruzamento com Aloísio Almeida Silva e foi praticada por um desconhecido que chegou ao local acompanhado de outra pessoa em uma motocicleta. 
  
De acordo com o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa da Delegacia Regional de Itabaiana, a tentativa de homicídio ocorreu na presença de várias pessoas que se encontravam sentadas à calçada quando o desconhecido já chegou efetuando vários disparos.    
Segundo o depoimento de testamunhas, Renan Santos Mendonça seria o alvo do atirador, que inclusive foi alvejado com diversos tiros.
Após ser alvejado Renan adentrou em uma residência para se proteger quando foi seguido pelo desconhecido que mesmo na presença de crianças e outras pessoas, efetuou dois disparos dentro da casa causando pânicos aos moradores.

Gravemente ferido, a vítima foi socorrida por uma equipe do SAMU. O seu estado de saúde, de acordo com os médicos, ainda é considerado grave.
Já Anderson Brito perdeu um dos dedos do pé esquerdo ao ser atingindo por um dos disparos. Ele também foi encaminhado ao hospital e liberado em seguida, enquanto o Senhor José Dias dos Santos, que se encontrava no Bar do Pretinho, acabou sendo ferido superficialmente nas costas. Segundo informações de populares, o caso do Senhor José Dias poderia ser mais grave se a bala não tivesse atingido primeiro a parede da casa.
Tanto Anderson quanto José Dias já foram ouvidos pelo delegado Hildemar Lima Rios. Renan Santos Mendonça só será ouvido quando for liberado da unidade hospitalar.
De acordo com informações obtidas pela polícia a tentativa de morte contra Renan Santos Mendonça pode está relacionado a drogas.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva