Ótica Perfil

Investigação: Polícia Federal prende traficantes no Agreste Sergipano e apreende armas de uso restrito, carros e droga

Ostentação | 14.04.2015 às 18:55h

Na tarde de segunda-feira, dia 13, a Polícia Federal em Sergipe desarticulou na cidade de Campo do Brito, Agreste do Estado, uma quadrilha especializada no tráfico de armas de fogo e drogas.


apreensão cocaína Campo do Brito Sergipe 

(Foto: Mais Notícias/WhatsApp)


Os agentes federais aprofundaram as investigações a partir da apreensão, em Aracaju (SE), de 65 kg de cocaína encontrada em um veículo Chevrolet, modelo Zafira, que era transportado em um caminhão cegonha, no último dia 20 de fevereiro.


Com a apreensão da droga na capital sergipana e a polícia iniciou as diligências quando foram identificados os traficantes Boris Aidan Fonseca, 26 anos, natural de Itabaiana (SE) e morador da cidade Britense, e Reinan Monteiro Almeida, 25 anos, natural de Lagarto (SE) e residente naquele mesmo município.


Durante as investigações a Polícia Federal descobriu que Boris Aidan e Reinan seriam os responsáveis pela comercialização de cocaína e armas nas cidades de Aracaju, Itabaiana, Campo do Brito e Lagarto.


Após receber a informação que a dupla receberia o carregamento de entorpecente os agentes montaram a campana nas proximidades da residência de Boris Aidan. Em seguida, a equipe se posicionou em local estratégico e por volta das 15 horas, visualizou a chegada de uma carreta com placas de Santos (SP). O veículo era conduzido por Américo Alves Neto, 46 anos, natural do município Santista e no momento em que Boris e Reinan foram ao encontro do caminhoneiro os policiais fizeram a abordagem ao trio.


apreensão Cocaína Campo do Brito Sergipe apreensão cocaína Campo do Brito Sergipe


O veículo foi levado a uma borracharia, quando foram encontrados 87 kg de cocaína, em tabletes, que estava escondido dentro dos dois pneus traseiros do carro.


apreensão cocaína Campo do Brito Sergipe


Na sequência, os policiais se dirigiram até a residência de Boris Aidan, onde encontraram mais uma pistola Glock ponto 380, três tocas ninjas e dois automóveis GM, modelo Corsa, com placas de Aracaju (SE), que seriam utilizados no transporte da droga.


Em revista aos veículos foram localizados, escondidos no fundo falso, mais 04 pistolas, calibres 9mm, 380 e ponto 40, com munições, carregadores e acessórios para que a pistola Glock 9mm funcionasse como uma submetralhadora. Diante do flagrante, todo material foi apreendido, inclusive um Renault, modelo Fluence, com placas de Aracaju, documentos e jóias. Além das armas de uso restrito da polícia e Forças armadas, também foram apreendidos os veículos e a importância de R$ 17.000,00 (Dezessete Mil Reais), em espécie.


Os presos foram levados até a sede da Polícia Federal, em Aracaju, para a lavratura do flagrante, sendo indiciados nos termos dos artigos 33, 35 e 40, V, da Lei nº 11.343/2006, artigo 1º da Lei nº 9.613/98 e artigo 16 da Lei nº 10.826/2003, depois eles foram levados para a Delegacia Plantonista (Deplan), onde permanecem à disposição da justiça estadual.


Da redação: Gilson de Oliveira, Mais Notícias Com informações da PF/SE

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva