Ótica Perfil

Prefeitura de Lagarto é condenada pelo TCU

POLÍTICA | 28.02.2009 às 20:06h
O Tribunal de Contas da União (TCU) condenou a prefeitura de Lagarto (SE) ao pagamento de R$ 201.963,72, valor atualizado, por desvio de recursos do Ministério da Cultura.
O município recebeu verba para reformar o prédio do arquivo público municipal, mas usou o dinheiro para reformar o prédio da prefeitura.

O ex-prefeito José Rodrigues dos Santos (Zezé Rocha) encaminhou a prestação de contas sem esclarecer a irregularidade e foi multado em R$ 5 mil. Zezé Rocha tem 15 dias para comprovar o pagamento da multa ao Tesouro Nacional.

De acordo com o relator do processo, ministro Augusto Nardes, não cabe responsabilização ao ex-prefeito de Lagarto Jerônimo de Oliveira Reis, uma vez que, o projeto aprovado (plano de trabalho objeto do Convite nº 13/2002), o contrato de execução das obras (celebrado em 4/4/2002) e a ordem de serviço para o início da obras (5/4/2002) indicam expressamente que se tratava de reforma do Arquivo Público do Município, e que as modificações ocorreram depois de tais atos, na gestão de Zezé Rocha.

A prefeitura também tem 15 dias para comprovar o pagamento da dívida. A cobrança judicial foi autorizada. Cabe recurso da decisão.
Com informações do TCUDa redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva