Ótica Perfil

Foragidos da carceragem do COPE na capital sergipana morrem após confronto com policiais de SE e AL

REAGIRAM A VOZ DE PRISÃO | 10.12.2014 às 10:43h

Dois foragidos do Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE) identificados como Daniel de Araújo Melo e Jean Pierre de Oliveira, que conseguiram escapar no último dia 10 de novembro da carceragem do COPE, foram localizados no município de Palmeira dos Índios, interior de Alagoas, por volta das 6 da manhã desta quarta-feira, 10. Eles reagiram a voz de prisão dada pelos policiais militares do Comando de Operações Especiais (COE) e da Polícia Militar de Alagoas e após confronto acabaram morrendo.


fugitivos cope Aracaju mortos Alagoas

 

Segundo a polícia, os dois estavam sendo monitorados. A dupla era perigosa e respondia por uma série de crimes graves. Até o momento, também foram recapturados nos municípios alagoanos de Arapiraca e Igaci, Antônio Clivio Lima de Santana, vulgo "Bracinho", e Arlei Antônio Silva Filho. Na propriedade pertencente ao Antônio Clivio, a polícia localizou, após escavações com auxílio de uma retroescavadeira, 89 bananas de dinamite, uma metralhadora calibre 9 milímetros, uma pistola calibre 765, máscaras e munições de fuzil e calibre 12. O material seria utilizado para explodir caixas eletrônicos no Nordeste.

 

Investigações estão sendo realizadas e a polícia cruza informações de alguns crimes com o perfil dos criminosos que ainda estão foragidos, e exemplo, de Adriano Gonzaga Santos, o 'Mago', acusado de pelo menos 20 assassinatos na região do bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju. Mago planejou um assalto a uma joalheria do conjunto Augusto Franco no mês de novembro. Todos os comparsas dele foram presos dia 26 de novembro na cidade de Capela.


"Foi Mago quem planejou, recrutou os parceiros e fez todos os levantamentos para a prática desse assalto. O objetivo dele era conseguir dinheiro para fugir de Sergipe, já que hoje ele é um dos criminosos mais procurados do Estado", explicou o delegado da 4ª DM, Marcos Garcia. Pelos depoimentos colhidos, todas as jóias ficaram em poder de Adriano, bem como as duas armas usadas no assalto, além da pistola da Secretaria de Segurança Pública que os acusados roubaram do policial civil Luiz Carlos, que foi ferido na perna após reagir à ação da quadrilha.


FONTE: SSP/SE

 

 

fugitivos cope Aracaju

 


Na noite do dia 11, um dia após a fuga, a polícia já havia recapturado nos município alagoano de Arapiraca, os fugitivos Antônio Clívio Lima de Santana, conhecido como "Té" ou "Braçinho", e Arlei Antônio Silva Filho, inclusive no mesmo dia a polícia localizou na casa de Antônio Clívio, na cidade de Igaci (AL), 89 bananas de dinamite que somadas deram 150 quilos de explosivos, uma metralhadora calibre 9 milímetros, uma pistola calibre 765, máscaras e munições de fuzil e calibre 12.


Segundo a polícia apurou durante as investigações, Antônio Clívio foi o mentor da fuga e ofereceu R$ 4 mil para cada preso que o acompanhasse. Para a polícia, ele é era o líder de um bando que agia no Nordeste nos eventos de explosões de caixas eletrônicos de bancos registrados na região.

 

 

fugitivos cope Aracaju 

 

 

A polícia ainda procura por Adriano Gonzaga Santos, conhecido como 'Mago'; José Carlos Lima dos Santos, conhecido como Morrendo, preso há cerca de um mês na cidade de São Domingos (SE); Jeferson de Jesus Correia; Thiago Henrique de Jesus Santos, conhecido como 'Billy'; e José Hunaldo Alves Santos.


DA REDAÇÃO: Gilson de Oliveira, Mais Notícias.

 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva