Ótica Perfil

Multidão acompanha cortejo fúnebre de ex-presidiário acusado de crimes de pistolagem no Sul de Sergipe

SEPULTAMENTO | 18.10.2014 às 13:34h

No final da tarde de sexta-feira, dia 17, foi sepultado no cemitério da cidade de Poço Verde, na região Sul de Sergipe, o corpo de José Augusto Aurelino Batista, 42 anos. Ele foi morto na madrugada de quarta-feira, dia 15, em um suposto confronto com equipes da Polícia Civil de Sergipe durante cumprimento de mandado de prisão em desfavor do acusado de crimes de pistolagem no município Poçoverdense.


O corpo de José Augusto deveria ter sido enterrado na tarde de quinta-feira, dia 16, no entanto, uma determinação do Ministério da Justiça, a pedido da Divisão dos Direitos Humanos da Polícia Federal, fez com que o cadáver fosse levado de volta para o Instituto Médico Legal Dr. Augusto César Leite, em Aracaju (SE), para a realização de um exame pericial de resíduo gráfico no corpo da vítima. Peritos da Polícia Federal de Brasília (DF) foram designados especialmente para fazer a necropsia na capital sergipana.


Zé Augusto era acusado de liderar um grupo de extermínio no município Poço Verde e contra ele era atribuído cerca de 20 assassinatos, crimes que teriam sido praticados a partir do ano de 2012. O ex-presidiário também era suspeito de ter executado um adolescente que estava sendo socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), quando interceptou a ambulância, ordenou que os paramédicos se retirassem do local e em seguida, efetuou vários tiros contra o jovem que havia sofrido uma tentativa de homicídio com emprego de arma de fogo e seria levado para um hospital na capital sergipana.

 

 Poço Verde 

(Foto: Caçadores de Notícias/WhatsApp)


De acordo com informações extraoficiais, cerca de 12 mil pessoas acompanharam o cortejo fúnebre do ex-presidiário até o cemitério da cidade.


DA REDAÇÃO: Gilson de Oliveira, Mais Notícias

Da redação:
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva