Ótica Perfil

Duas mulheres são mortas por ex-companheiros em menos de 24h no interior do Estado

VIOLÊNCIA | 12.08.2014 às 18:51h

Os crimes ocorreram na manhã e noite de segunda-feira, dia 11, nos municípios de Maruim e Graccho Cardoso, interior do Estado de Sergipe.

 

Maruim


Por volta das 09 horas da manhã, a marisqueira Eliene da Silva Gonçalves, 29 anos, foi alvejada com três tiros e faleceu ao dar entrada na Unidade de Pronto de Atendimento da cidade de Maruim (SE).


De acordo com informações levantadas preliminarmente pela polícia, o suspeito pela autoria do crime é o ex-companheiro da vítima e o homicídio foi motivado pelo fim do relacionamento.


Após o assassinato o homem fugiu para destino ignorado, enquanto o corpo da mulher foi recolhido para autopsia e chegou ao Instituto Médico Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju (SE), as 18h44.

 

Graccho Cardoso


O segundo caso ocorreu por volta das 19h30 no povoado Guedes, zona rural do município de Graccho Cardoso, e a vítima foi a adolescente Shirley Ribeiro Dias, 17 anos.


A motivação do crime também foi o fim do relacionamento amoroso e o autor foi identificado pela polícia como sendo o ex-companheiro da jovem. A vítima se encontrava no quarto quando o suspeito chegou ao local e arrombou a janela da casa, em seguida, o efetuou diversos disparos contra a ex-mulher.


Enfurecido, o criminoso também atirou contra o agricultor Orlando Ribeiro dos Santos e a dona de casa Maria Diranildes dos Santos, pais da jovem, e por último disparou duas vezes contra o ex-cunhado Leandro Ribeiro Dias, 24 anos. O rapaz chegou a ser socorrido e depois levado para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em Aracaju, mas faleceu na manhã desta terça-feira, dia 12.

 

Graccho Cardoso


Os pais de Shirley também foram levados para a unidade hospitalar da capital sergipana. O senhor Orlando recebeu atendimento médico e foi liberado. Em seguida, ele foi levado para a delegacia para prestar depmento. Já a dona de casa permanece internada. Ela luta contra um câncer, inclusive está paralítica e apresenta sinais terminais em decorrência da enfermidade. 


Após cometer os crimes o suspeito fugiu em uma motocicleta. O veículo de duas rodas foi encontrado pela polícia abandonado na região. Segundo denúncia de testemunhas, o suspeito possuí histórico de violência.


AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva