Ótica Perfil

Portador de deficiência auditiva morre afogado em barragem no município de Lagarto

TRAGÉDIA | 10.08.2014 às 21:58h

O domingo, dia 10 de agosto, foi marcado por mortes por afogamento, acidente de trânsito e homicídio no município de Lagarto, na região Centro-Sul do Estado de Sergipe.

 

Motocicleta 

(Foto: Reprodução/Rede Social)


Por volta das 2 horas da madrugada o jovem Adalmir da Cruz Santos, 18 anos, conduzia uma motocicleta e caiu ao perder o equilíbrio da mesma e acabou sendo atingido por outro motociclista que seguiu logo atrás.


O condutor não conseguiu desviar do amigo e a motocicleta passou sobre o pescoço do jovem causando sua morte na hora.


O fato foi registrado no povoado Jenipapo, nas proximidades da antiga fábrica da Azaléia, na zona rural do município Lagartense.

 

afogamento 

(Foto: Caçadores de Notícias/WhatsApp)


Outra tragédia aconteceu por volta das 15 horas quando um homem morreu afogado na Barragem Dionísio de Araújo Machado.


Segundo relato de testemunhas, a vítima se encontrava na companhia de um amigo e os dois decidiram pular do paredão para retornar à margem a nado. Provavelmente, ele cansou e em seguida, desapareceu na água. O Corpo de Bombeiros foi acionado e após algumas buscas os mergulhadores conseguiram resgatar o corpo que estava preso às plantas aquáticas.


O Homem conhecido pela alcunha de "Mudinho" possuía deficiência auditiva e era morador da cidade de Lagarto. O corpo foi encaminhado para autopsia no Instituto Médico Legal Dr. Augusto César Leite, em Aracaju (SE), sem identificação.

 

assassinato 

(Foto: Lagarto Como Eu Vejo)


A terceira morte foi registrada no final da tarde, próximo a um bar no povoado Jenipapo, com emprego de arma de fogo que vitimou o jovem André Vieira Neto, conhecido como Pinta, residente na mesma localidade.


De acordo com informações passadas à polícia, o crime foi praticado por dois indivíduos que trafegavam em uma motocicleta. Após executar o assassinato a dupla fugiu para destino ainda ignorado pela polícia local.


AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva