Ótica Perfil

Suspeito de assassinar comerciante na BR-101 é preso pelo Polícia Civil

MANDADO DE PRISÃO | 01.08.2014 às 19:11h

Assassinato 

(Foto: Portal Infonet)

 

Policiais Civis lotados na Itaporanga D'ajuda (SE) cumpriram na quinta-feira, dia 31, mandado de prisão em desfavor de Leanderson dos Santos, 23 anos, acusado de ter assassinado o comerciante José Edson dos Santos, 47 anos, no dia 23 de julho deste ano na BR-101, nas imediações do povoado Mata do Ipanema, município Itaporanguense.


Segundo a delegada Mariana Andrade, Leanderson estava escondido na casa de parentes em Nossa Senhora do Socorro (SE) e nega participação no crime. "Ele afirma ter ligado para o ex-sogro e marcado para devolver duas gaiolas de passarinhos, mas que a pessoa que iria acompanhá-lo até o local não apareceu e por isso não foi ao encontro", conta a delegada.


A possível motivação para o crime seria o término do relacionamento de dois anos que Leanderson mantinha com a filha da vítima. "A primeira hipótese que estamos trabalhando é a intenção de prejudicar a ex-namorada. Já conversamos com a filha da vítima que confirmou que o relacionamento não era bem aceito pelo pai, mas que ele tinha permitido o namoro devido ao tempo em que eles estavam juntos e que o rapaz tinha ciúmes do pai", relata a delegada.


Mariana Andrade explicou que são fortes as suspeitas sob Leanderson, já que a vítima chegou a ligar para a esposa antes de morrer avisando que o ex-genro tinha lhe atraído para uma armadilha e que havia sido esfaqueado. O suspeito apresentou várias versões para o dia do crime, mas não comprovou nenhum dos álibis. "Ele diz que estava no Roza Elze com alguns amigos e que não foi ao encontro, mas que nos chamou a atenção é que ele não foi trabalhar dias antes do crime e alega que estava de atestado médico, mas não apresentou o documento", explicou a delegada.


A delegada afirma ainda, que tem muita coisa a ser investigada e outras pessoas a serem ouvidas, por isso foi pedido inicialmente à prisão preventiva para facilitar as investigações e descobrir qual foi a real intenção do crime.


FONTE: Assessoria de Comunicação da Secretaria da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE)

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva