Ótica Perfil

Violência desenfreada faz novas vítimas no Estado de Sergipe

ASSASSINATOS | 16.07.2014 às 10:01h

Nas últimas 24 horas quatro pessoas foram assassinadas com emprego de arma de fogo na capital sergipano e no interior do Estado.


Somente na cidade de Estância (SE), dois homicídios foram registrados nesta terça-feira, dia 15.


O primeiro aconteceu por volta das 8 horas da manhã no Bairro Bomfim, quando José Dilson Souto, 38 anos, trafegava pela localidade em um veículo Ford, modelo Fiesta, e foi alvejado a tiros diversas vezes. O autor dos disparos ocupava uma motocicleta e fugiu do local logo após cometer o crime.


Populares prestaram socorro à vítima, porém após chegar ao hospital da cidade ele não resistiu aos ferimentos.

 
A segunda morte foi registrada pela polícia as 23h30 no Bairro Cachoeira e a vítima foi José Paulo de Jesus Santos, 46 anos.


O homem se encontrava em uma residência quando foi surpreendido com a chegada do assassino que efetuou cerca de dez tiros. A vítima evoluiu a óbito no local e o corpo só foi resgatado para autopsia na manhã desta quarta-feira, dia 16.


Em menos de 24 horas ocorreram três homicídios na cidade Jardim do Estado de Sergipe.


No Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) faleceu o adolescente Edvânio Silva do Amaral. Ele tinha 15 anos de idade e alvejado a tiros no Bairro Santos Dumont, na capital sergipana.


Em Tobias Barreto (SE), o moto taxista Wagner de Oliveira Bispo, 38 anos, foi morto a tiros em uma estrada vicinal do povoado Jabeberi.


A vítima retornava para sua residência na zona rural do município Tobiense na companhia dos pais, quando seu genitor foi interceptado por assaltantes e exigiram que o mesmo entregasse sua motocicleta Honda, modelo Bros. Ao perceber a aproximação do moto taxista eles efetuaram disparos contra o trabalhador. Ele ainda foi socorrido e em seguida, levado para o hospital da cidade, mas não resistiu.


Enforcamento


No plantão das últimas 24 horas também foi encaminhado para autopsia no Instituto Médico Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju (SE), o corpo de José Porcino dos Santos, 65 anos. O idoso residia no povoado Pururuca, zona rural do município de Lagarto (SE), e foi vítima de suicídio por enforcamento.


AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva