Ótica Perfil

Alunos do curso de fonoaudiologia da UFS, Campus Lagarto, entram em greve

SEM ESTRUTURA | 25.04.2014 às 10:38h

No Campus Universitário Professor Antônio Garcia Filho, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), em Lagarto, estudantes do curso de Fonoaudiologia reivindicam melhores condições para o referido curso.


Devido à falta de estrutura física, materiais e de mão de obra, os estudantes de fonoaudiologia decidiram paralisar as atividades. A decisão foi tomada nessa quarta-feira, dia 23. Os discentes dos ciclos II, III e IV aderiram à paralisação.


O objetivo de paralisar as atividades do curso em questão é de chamar a atenção da Direção do Campus para os problemas enfrentados pelos estudantes.


No tocante a estrutura física, os universitários reivindicam: bebedouros, quadros brancos para as salas, cortinas, pessoas para limpeza, ar condicionado para as salas de aula, mudança de andar da Clínica Provisória de Fonoaudiologia, além de Internet na galeria. Já em relação aos materiais para o curso, os universitários reivindicam equipamentos como Datashow, impressora, materiais de biossegurança e peças anatômicas.


Os universitários cobram uma atitude plausível por parte da direção do Campus da UFS em lagarto e ressaltam que vão permanecer em greve por tempo indeterminado. Caso as reivindicações sejam atendidas retornam as atividades.


Nesta sexta-feira, dia 25, a partir das 14 horas será realizada uma assembleia geral com todos os alunos do Campus e direção pedagógica para debater sobre os problemas dos demais e oficializar a greve em outros cursos.


Com informações dos Estudantes de Fonoaudiologia da UFS de Lagarto.

Da redação:
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva