Ótica Perfil

Rebelião em presídio sergipano termina com saldo de um detento morto

NEGOCIAÇÃO | 14.04.2014 às 17:46h

Após uma negociação entre representantes das Secretarias da Segurança Pública (SSP), da Justiça e Cidadania (Sejuc) e comissão de detentos, terminou por volta das 15h20 desta segunda-feira, dia 14, a rebelião iniciada no final da manhã no Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza, em Tobias Barreto (SE).


Logo em seguida, os detentos foram levados para a quadra da unidade penitenciária e os militares do Batalhão de Choque (BPChq) entraram nas instalações internas para realizar uma varredura nos pavilhões e outros compartimentos.

 

 

Rebelião Rebelião

(Fotos: Caçadores de Notícias/WhatsApp

 

 


De acordo com os primeiros levantamentos, fora registrada apenas uma morte. O interno Manoel dos Santos Ferreira, 39 anos, morreu carbonizado e seu corpo foi encaminhado para autopsia no Instituto Médico Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju.


As negociações para o fim da rebelião foram acompanhadas diretamente do local pelo secretário da Segurança Pública João Eloy de Menezes e pelo delegado Cristiano Barreto, coordenador interino da Polícia Civil do Interior (Copci).


Unidades especializadas da Polícia Militar, a exemplo do Choque, Gati, Grupamento Tático Aéreo e Corpo de Bombeiros também foram enviadas para o presídio.


A rebelião foi motivada pela suspensão das visitas de familiares, devido a greve dos agentes penitenciários e também pela superlotação carcerária.


O Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza tem capacidade de custódia para abrigar 346 internos, porém atualmente possui uma população carcerária de 546 presos.


AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

 

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva