Ótica Perfil

Irmãos são presos em Itabaiana por envolvimento em crime de homicídio e posse ilegal de arma de fogo

INVESTIGAÇÃO | 04.04.2014 às 13:05h

presos

(Foto: Ascom/SSP)

 

Agentes civis do Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa da Delegacia Regional de Itabaiana, coordenados pela delegada Michelle Araújo, com apoio de policiais da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), prenderam os irmãos Edvaldo Teles dos Santos, conhecido como "Bado", 31 anos, e Josinaldo Teles dos Santos, conhecido como 'Menininho', 33 anos.

 

Eles são suspeitos de contratar homicidas para matar Ricardo Júnior Santos Menezes, 18 anos, para vingar a morte de um membro da família. O jovem foi alvejado duas vezes, porém sobreviveu a tentativa de morte. Já seu primo Diogo Carvalho Santos, 20 anos, recebeu um tiro na cabeça e morreu no Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), em Aracaju. 

 

morte

(Foto: Arquivo/Gilson de Oliveira

 

O crime aconteceu no dia 20 de dezembro de 2013 em uma travessa do bairro Riacho Doce, periferia de Itabaiana, Agreste Sergipano. Mesmo em momento de dor, a família do jovem assassinado doou os órgãos da vítima depois.  


Durante a ação criminosa, as vítimas estavam na companhia do amigo Andrei da Rocha Santos, conhecido como Andinho, que nada sofreu. 

 

arma

(Foto: Gilson de Oliveira

 

"Bado" e "Menininho" são naturais de Itabaiana e residem na mesma comunidade onde ocorreu o assassinato. Josinaldo não tem nenhuma ligação com o assassinato, no entanto, no momento da prisão de Bado a polícia encontrou na casa dele uma escopeta calibre 12, além de 10 cartuchos, e foi indiciado por posse de arma e munição de uso restrito. 

 

presos 

(Foto: Arquivo/Gilson de Oliveira


De acordo com as investigações policiais, os suspeitos contrataram Alessandro Leandro dos Santos, 20 anos, e Romário Souza Oliveira, 19 anos, para executar o assassinato. Os autores dos disparos já se encontram presos desde o dia 4 de janeiro deste ano após serem flagrados em crime de assalto no centro da cidade. 

 

Em depoimento, a dupla confessou que foi contratada por Bado pela quantia de R$ 50,00 e algumas pedras de crack. Na época, eles também informaram ao delegado que Bado queria vingar a morte do irmão, Aguinaldo Teles dos Santos, que teria sido morto por parentes de Ricardo Júnior e a intenção de Bado era matar qualquer membro da família.

 
Após a prisão Edvaldo e Josinaldo foram conduzidos à capital sergipana, onde se encontram custodiado à disposição da justiça. 

 

AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva