Ótica Perfil

Polícia prende suspeitos de assassinar mulher de Ribeirópolis em mercearia

PRISÃO | 12.02.2014 às 12:17h

A Polícia Civil de Sergipe elucidou um caso de latrocínio ocorrido no dia 28 de janeiro deste ano contra a senhora Maria Edilma Freitas de Oliveira, 42 anos. A autoria do roubo seguido de morte é atribuída a uma quadrilha especializada em assaltos à mão armada que vinha agindo nos últimos 20 dias em Sergipe.

 

Segundo o delegado da 10ª DM, Paulo Márcio Ramos Cruz, no dia 6 de fevereiro quatro homens foram presos em flagrante na cidade de Laranjeiras após roubarem um veículo Celta, de propriedade de um estudante da Universidade Federal de Sergipe. Em face das características de Israel Nascimento de Santana, 18 anos, Emerson Correia Gomes, 19, e o ex-presidiário Rogério de Jesus, 29, o "Alvinho",, policiais da 10ª DM diligenciaram a fim de localizar testemunhas que pudessem reconhecer os infratores, já que haviam suspeitas de que eles seriam os autores do latrocínio.

 

Entre sábado (8) e segunda-feira (10/02) uma testemunha reconheceu Israel sem hesitar e com absoluta convicção, como sendo o homem que efetuou o disparo fatal que matou a irmã do comerciante, e Rogério como a pessoa que bateu no balcão e anunciou o assalto. Emerson foi apontado por outra testemunha como a pessoa que estava do lado de fora, dando cobertura, e que teria saido em direção a um carro de cor escura.

 

PC elucida latrocínio de uma mulher ocorrido em uma mercearia do Jardim Centenário 

Foto: SSP/SE

 

Com a prisão dos acusados feita pelo Grupo Especial de Repressão e Buscas (GERB) na noite da última quinta-feira, 6, e com base nos novos depoimentos, o delegado Paulo Márcio, não teve dúvidas em indiciá-los por latrocínio, crime tipificado no artigo 157, § 3º, última parte, do Código Penal.

 

O crime

O delegado relata que no dia 28, por volta das 10h30, dois homens chegaram à mercearia MF Jardim Center, localizada no bairro Jardim Centenário, zona norte da capital, e, após anunciarem o assalto, um deles, identificado como Israel Nascimento, desferiu um tiro que por pouco não atingiu o proprietário.

 

O pequeno empresário, irmão de Maria Edilma, prestou depoimento dizendo que um homem negro, de estatura alta, entrou na mercearia pela porta da rua "B", batendo no balcão e anunciando o assalto, enquanto um segundo homem, de cor branca e camisa azul de mangas compridas, entrou pela porta da rua F1, e já foi efetuando um disparo de arma de fogo, obrigando-o a se abaixar para pegar uma arma que estava escondida e efetuar um disparo na direção do bandido.

 

Ele narra, ainda, que os infratores correram após sua reação, mas logo em seguida Israel retornou e efetuou um disparo que atingiu o peito de Maria Edilma, que veio a óbito na hora, tendo os bandidos fugido em um veículo de cor preta sem conseguir levar nada.

 

"Considero o caso solucionado e, com base nas provas, solicitei a prisão preventiva do trio, que já se encontra custodiado à disposição da Justiça de Laranjeiras. Em relação ao adolescente, apreendido pelo GERB no dia 6 de fevereiro não consta nos autos que ele tenha participado do latrocínio da senhora Maria Edilma", destacou o delegado.

 

Israel e Emerson não têm antecedentes criminais, mas Rogério estava em liberdade condicional pelos crimes de porte ilegal de arma, tráfico de drogas e roubo. O adolescente encontra-se na Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA). Novas informações podem ser repassadas através do 181 ou diretamente para a 10ª DM, no telefone 3252-1616.

 

Fonte: SSP/SE

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2018 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva