Ótica Perfil

Envolvido na morte dos sargentos da PM morre em Malhador ao trocar tiro com policiais

| 15.11.2008 às 06:21h
Carlos Eduardo dos Santos, 23 anos, acusado de ser o mentor e um dos executores na morte dos sargentos da Polícia Militar de Sergipe Roberto Lima Pereira e Adilson Ferreira, morreu na madrugada de sexta-feira, dia 14, na zona rural do município de Malhador em uma troca de tiros com a Polícia Civil e Militar. De acordo com as informações passadas pela polícia, Carlos Eduardo encontrava-se armado com uma escopeta calibre 12, um revólver calibre 38 e uma faca, e quando percebeu a presença dos políciais, efetou vários disparos contra os mesmos, que também rividaram. Na ação, o acusado foi atingido e mesmo sendo soccorrido, não ele não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo a caminho do Hospital de Urgência e Emergêcia de Sergipe Governador João Alves Filho, em Aracaju.
Dos sete acusados pelo assalto ao restaurante e morte dos dois sargentos, a polícia já conseguiu prender quatro. São eles: Rogério dos Santos, 21 anos, conhecido como 'Doca', Eduardo Batista dos Santos, 31 anos, 'Muqueca', Eronaldo de Jesus, 21 anos, 'Ninho’, e Cleverton dos Santos Azarias, 25 anos, conhecido como ‘Grande’. Este último foi preso na casa de uma tia em Jaramapaia, em Alagoas, distante 45 km de Arapiraca. Todos os envolvidos serão indiciados por formação de quadrilha e latrocínio. 
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva