Ótica Perfil

Suspeita de aliciar adolescentes para programas sexuais é presa em Aracaju

MANDADO DE PRISÃO | 27.12.2013 às 18:30h

presa

(Foto: Ascom/SSP)

 

O Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), através da Delegacia da Criança e do Adolescente, com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), prendeu na tarde desta quarta-feira, 26, Mayara Bispo Barreto da Silva, 23 anos, acusada de tráfico interno de pessoas e exploração sexual de menores.


A prisão aconteceu em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 6ª Vara Criminal de Aracaju e foi registrada em via pública no centro comercial da capital sergipana. "A investigação foi iniciada após denúncias efetuadas através do 181. Após os levantamentos, foi representada a prisão da Mayara que foi cumprida na tarde de ontem", destacou a delegada Mariana Diniz.


Ainda segundo a delegada, Mayara vivia da prática criminosa e aliciava adolescentes entre 15 e 16 anos moradoras de Aracaju. As jovens eram oferecidas aos clientes e existia até a participação de um motoboy que transportava as vítimas para a realização dos programas. "Esse motoboy já foi identificado e será convocado a depor. Os programas aconteciam geralmente em motéis e pousadas e custavam entre R$ 150,00 e R$ 200,00", explicou a delegada.


Até o momento a polícia já identificou 8 adolescentes que eram aliciadas por Mayara. Em alguns casos, os pais ou responsáveis não tinham conhecimento do fato. "Outra investigação está em andamento para identificar os 'clientes' que serão intimados para prestar esclarecimentos", destacou Mariana.


No curso das investigações foi constatado que Mayara já morou na Itália, onde provavelmente fazia programas. Ela também costumava levar garotas de Aracaju para Salvador onde praticavam sexo cobrando R$ 400,00. "A maior parte do valor pago nos programas ficava com Mayara", finalizou a delegada.


Fonte: Assessoria de Comunicação da SSP/SE

 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva