Ótica Perfil

Paulistas e sergipanos são presos suspeitos de explosões a caixas eletrônicos no interior do Estado

QUADRILHA | 04.11.2013 às 22:32h

quadrilha

 

Em operação sigilosa desenvolvida pelas polícias Civil e Militar, com apoio com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), sete pessoas suspeitas de explodirem caixas eletrônicos no interior do Estado de Sergipe foram presas nos municípios de Itabaiana, no Agreste Sergipano, e Lagarto, na região Centro-Sul de Sergipe, durante a madrugada e noite de domingo, dia 3.


De acordo com informações levantadas pela polícia, a quadrilha era formada por quatro pessoas de São Paulo, duas de Itabaiana e uma de Lagarto.

 

quadrilha

(Arte: Políca Civil)

 


Os executores dos crimes eram Lelsion Almeida Costa, 40 anos, líder do grupo e residente em Guarulhus (SP); Antônio Marcone Justino Souza, 28 anos, Gilvan Santos Sales, 29 anos, também moradores em Guarulhus; Rudinei Torres, 33 anos, residente em Araras (SP), e Valter Firmino Dias, conhecido como Bicicleta, 41 anos, morador de Itabaiana (SE). Já os responsáveis pela logística e eventual participação dos crimes eram Arivaldo Paixão dos Santos, 51 anos, morador de Lagarto, e Mário Silvano Lima, conhecido como Magnata, 38 anos, residente em Itabaiana, e ex-proprietário de uma casa de peças usadas para carros às margens da BR-235.


assaltos

(Foto: Ascom/SSP)

 

A quadrilha vinha atuando em Sergipe desde o mês de setembro, quando foram registrados ataques a agências bancárias de São Domingos, Macambira, Carira, Poço Verde, Riachuelo, São Miguel do Aleixo, Cumbe e Nossa Senhora das Dores.


Além dos sete homens presos na operação a polícia também conseguiu apreender dois veículos, munição e recuperar uma quantia superior a R$ 114 mil, em espécie.


A polícia sergipana continua investigando a possível participação de outros envolvidos nos crimes e o roubo de mais de 100 kg de explosivos de uma pedreira no município de Itabaiana.


AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva