Sábado, 10 de dezembro de 2016
Itabaiana-SE, Mín: 22ºC | Máx: 29ºC

Polícia Civil efetua 41 prisões em apenas trinta dias no município de Itabaiana

BALANÇO POSITIVO | 02.08.2013 às 06:39h

Com a prisão de Gilvan Santos, 21 anos, efetuada por agentes civis da Divisão de Homicídios da Delegacia Regional de Itabaiana na tarde da última quarta-feira, dia 31 de julho, em cumprimento a mandado de prisão definitiva, a Polícia Civil alcançou a expressiva marca de 41 pessoas presas no município serrano do Agreste do Estado de Sergipe, das quais estão incluídas 14 prisões por mandados de prisão definitiva.


Em destaque no mês de julho estão as prisões de Alex Santana de Menezes, 23 anos, e Ademilson Menezes Santos, 35 anos, suspeitos pela autoria do homicídio que vitimou Agnaldo Teles dos Santos em frente a uma padaria, localizada no bairro Riacho Doce, em Itabaiana, no dia 25 de maio deste ano. A dupla foi presa no conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro, quando na ocasião foram flagrados com dois revolveres calibre 38 e cinquenta munições.


Outras prisões destacadas no período foram a do jovem Wendell Alef Leite dos Santos, 19 anos, ocorrida na cidade de Itaporanga D'ajuda (SE), de onde é natural, acusado pela prática de sete assaltos no período entre o natal e final do ano passado na cidade de Itabaiana, e de Carlos Alberto Brito dos Santos, 37 anos, o único envolvido no sequestro do subtenente Lemos da Polícia Militar de Sergipe, que ainda estava foragido. O crime ocorreu na cidade de Riachão do Dantas no dia 19 de abril de 2012 e o suspeito foi encontrado em um sítio no povoado Serra, zona rural de Itabaiana.


No mês de Julho ainda aconteceu a morte de Luciano de Jesus, conhecido como Lulinha, 24 anos. Ele era investigado por crimes de homicídios no município de Itabaiana e morreu em confronto com policiais na residência dos familiares na Rua José Sizino de Almeida, centro da cidade serrana.


Luciano de Jesus era suspeito de ter praticado dezenas de assassinatos, porém tão somente seis foram provados pela polícia.


AVISO:
BASEADO NA LEI DOS "DIREITOS AUTORAIS" É EXPRESSAMENTE PROÍBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL OU PARCIAL DESTE E OUTROS ARTIGOS SEM OS DEVIDOS CRÉDITOS DO SEU AUTOR.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2016 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva