Ótica Perfil

Rodovia SE - 170 está completamente esquecida pelo Governo do Estado

CONSTANTE PERIGO | 09.07.2013 às 16:13h

Sem sinalização, buracos por toda extensão, falta de acostamento, além da presença constante de animais soltos, associados a imprudência dos motoristas são as causas de graves acidentes registrados com frequência na rodovia SE - 170, batizada de João Paulo II . A situação se agrava durante o período chuvoso em virtude do tráfego intenso de veículos.


A Rodovia SE - 170 começa no trevo de Lagarto passando por São Domingos, Campo do Brito, Itabaiana e segue até o município de Moita Bonita através da Rodovia Francisco Teles de Mendonça e há vários anos não recebe nenhum benefício por parte do Governo do Estado, através do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária (DER/SE).

 

 

acidente

 

 

O último acidente registrado na rodovia ocorreu na noite desta segunda-feira, dia 08, com a colisão de três automóveis, quando quatro pessoas saíram feridas, inclusive um dos motoristas ficou preso às ferragens com fraturas nos membros superior e inferior.


O acidente aconteceu entre os municípios de Itabaiana e Campo do Brito no mesmo trecho onde Edmilson Oliveira de Jesus, 42 anos, morreu após colidir um ciclomotor com um veículo Fiat, modelo Uno Way na noite do dia 30 de junho.


O condutor do automóvel era Josevaldo Barbosa dos Santos, conhecido como Josevaldo da Exatoria, morador do povoado Garangau, zona rural de Campo do Brito. Ele sofreu lesões graves e foi conduzido ao Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE), na capital sergipana.


AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

 

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva