Ótica Perfil

20 armas de fogo são apreendidas no agreste sergipano em apenas quatro meses

PORTE ILEGAL | 03.05.2013 às 15:28h

luciano_santos_pistola_g2_01 arma_de_fogo_everton_g_640

 

Policiais do 3.º Batalhão de Polícia Militar (3.º BPM), sediado em Itabaiana, apreenderam em apenas quatro meses do ano de 2013, 20 armas de fogo, sendo que a maioria das ocorrências foi registrada no município serrano do agreste sergipano.


De acordo com o major Reinaldo Chaves, comandante do 3.º BPM, com o trabalho ostensivo desenvolvido pelos PM's evitou-se que várias vidas fossem ceifadas na cidade serrana e outros municípios vizinhos. Os indivíduos flagrados em porte ilegal de arma de fogo possuem envolvimento com o tráfico de entorpecentes, além de crimes de homicídios.

 

cinzento_apreensao_g_640

 

A última arma apreendida na cidade de Itabaiana aconteceu na terça-feira, dia 30, quando um adolescente de 16 anos foi flagrado com um revólver calibre 32 com duas munições intactas.


Após ser apreendido em via pública o menor confessou que a intenção era matar um desafeto de nome Marcelo dos Santos, conhecido como João Grilo, 18 anos, uma vez que o mesmo havia assassinado a tiros, o também adolescente José Adilson Bispo da Silva, 16 anos, fato ocorrido no último domingo, dia 28, no conjunto Maria do Espírito Santo, periferia da cidade. O que o adolescente infrator não sabia era que o inimigo, suspeito do crime de homicídio, já se encontrava preso na Delegacia Regional de Polícia Civil.


Segundo levantamento do 3.º, em janeiro seis armas foram apreendidas, sendo quatro revolveres e duas pistolas. No mês de fevereiro ocorreu a apreensão de três pistolas e um revolver. Já em março os PM's apreenderam quatro revolveres e no último mês de abril houve a apreensão de seis revolveres.


Os flagrantes aconteceram em Itabaiana, Areia Branca, Campo do Brito, Frei Paulo e Ribeirópolis.


AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais", é expressamente proibida a reprodução total ou parcial deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

Da redação:
Mais Notícias
Comentários
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2017 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva