Ótica Perfil

Polícia desarticula fraude na troca ilegal de cilindros de oxigênio em hospital de Lagarto

COMERCIANTE ITABAIANENSE | 15.04.2013 às 17:18h

cilindro_hospital_lagarto__2_640

(Foto: 7.º Batalhão de Polícia Militar - Lagarto)

 

A Polícia Militar de Sergipe, através do 7º Batalhão de Polícia Militar (7º BPM), prendeu, na tarde do domingo, 14, duas pessoais suspeitas de envolvimento na troca ilegal de cilindros de oxigênio do Hospital Regional de Lagarto Monsenhor João Batista de Carvalho Daltro.


O esquema era resultado de uma ação conjunta entre Alisson de Jesus Santana, funcionário responsável pela manutenção dos cilindros hospitalares, que passava informações a respeito da situação dos equipamentos ao comerciante de Itabaiana Edilson Francisco de Jesus Passos.

 

cilindro_hospital_lagarto_640

(Foto: 7.º Batalhão de Polícia Militar - Lagarto)

 

Edilson foi flagrado em um veículo modelo S-10 e um reboque, se passando pelo responsável pela troca dos cilindros de oxigênio. Ele entrava no hospital informando que iria efetuar a troca rotineira dos recipientes vazios por cheios. No entanto, a troca era inversa. Edilson deixava os cilindros vazios e coletava os que ainda continham gás. No momento da prisão, ele foi flagrado com dez cilindros de oxigênio cheios.


De acordo com a guarnição composta pelos sargentos Geldon e Messias e os soldados Félix e Sérgio Souza, a suspeita de irregularidade na troca dos gases ocorreu quando o fiscal de equipamentos do HRL percebeu, após uma troca, a falta de um dos cilindros e o término muito rápido de oxigênio no hospital acontecendo com frequência.


Dessa forma, o fiscal constatou a troca inversa dos recipientes e encaminhou a denúncia ao 7º Batalhão de Polícia Militar, sediado em Lagarto, que verificou que o esquema estava funcionando há algumas semanas no centro médico. O funcionário do HRL e o comerciante foram encaminhados à Delegacia Regional de Lagarto.


Em nota, a Fundação Hospitalar da Saúde (FHS) informou que "prestou Boletim de Ocorrência e que todas as informações estão sendo apuradas no sentido de colaborar com a investigação policial e esclarecer os fatos".


FONTE: 7.º BPM de Lagarto e Portal Lagartense

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva