Ótica Perfil

Barbaridade registrada em Carira será reconstituida

| 22.09.2008 às 06:36h
A cena do crime que vitimou a jovem Simone de Oliveira Godoy, 18 anos, será reconstituída nos próximos dias sob o comando do delegado de Carira, Edson Nixon. 

Simone foi morta na semana passada no Bairro Matadouro em Carira, pelo próprio companheiro Juscelino de Góes, 42 anos.
A reconstituição do crime servirá para a polícia esclarecer algumas dúvidas relacionadas à ação do acusado que confessou ter matado, esquartejado e ocultado o corpo mutilado da mulher em vasos plásticos, para depois jogar na fossa localizada no quintal da casa onde o casal estava morando havia cinco meses e depois lacrou com cimento.
Cinco dias depois de matar a companheira, o acusado pegou o filho da vítima, de apenas dois anos, e abandonou na rodovia estadual Lourival Baptista que liga os municípios de Lagarto e Simão Dias.

A criança foi encontrada na noite de segunda-feira, dia 15, pelo radialista Reginaldo Pereira.
Simone de Oliveira Godoy era natural de Guia Lopes da Laguna no Estado de Matogrosso do Sul.
Ainda de acordo com informações da polícia, Juscelino de Góes é acusado de estelionato e violência doméstica.
O acusado também confessou em depoimento à polícia ser dono de 20 cabeças de reses em Rodônia e que decidiu tentar a vida em Carira, onde tem ligações familiares, por causa de uma confusão Simone e a ex-mulher dele.
Juscelino acabou um relacionamento de 15 anos para ficar com a vítima.
Fotos: Reproduções
comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2020 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva