Ótica Perfil

Jovem é morto a tiros dentro de veículo após ser seguido por motociclistas

EXECUÇÃO | 16.03.2013 às 11:14h

italo_amaral_morto_p2

O crime ocorreu por volta das 22 horas de sexta-feira, dia 15, próximo à caixa d'água, localizado no conjunto Euclides Paes Mendonça, e teve como vítima o jovem Ítalo Klinsman Tavares Amaral, 22 anos. Ele conduzia um veículo Fiat, modelo Palio, com placas HEQ - 9048/SE, licenciado em Itabaiana, quando foi seguido por dois indivíduos em uma motocicleta.

No momento do ato criminoso Ítalo estava acompanhado de uma mulher identificada pela polícia como Tati. Assustada, ela desceu do carro e saiu correndo. Após efetuarem os disparos contra Ítalo, os elementos ainda tentaram matar sua acompanhante, mas não obtiveram êxito.

 

italo_amaral_morto_p

 

O automóvel foi perfurado por diversos tiros, todos do lado do motorista. O jovem ainda foi socorrido e depois conduzido ao Hospital Regional Dr. Pedro Garcia Moreno Filho, mas não resistiu aos ferimentos.

 

italo_amaral_morto_p3

 

Com a vítima os policiais encontraram duas cápsulas de cocaína, sendo que se encontrava no bolso da roupa e outra no carro.


Na cena do crime a polícia obteve a informação que Ítalo Klinsman passou todo o dia bebendo com amigos, entre eles, dois moradores de Brasília/DF.


Natural de Itabaiana, Ítalo Klinsman era irmão de Júnio Tavares Pereira, conhecido como "Júnior Bombado", 26 anos, assassinado também a tiros na cidade de Feira de Santana/BA no dia 06 de julho de 2012.


Ítalo Klinsman era usuário de entorpecentes e de acordo com informações levantadas pela polícia, estava envolvido em crimes de roubo, inclusive tinha um processo no Estado de Minas Gerais.


AVISO:
Baseado na lei dos "Direitos Autorais" é expressamente proíbida a reprodução deste e outros artigos sem os devidos créditos do seu autor.

comentários

WhatsApp: (79) 99977.1266
Email: gilsondeoliveira@gilsondeoliveira.com.br
Gilson de Oliveira - mais notícias
2007 - 2019 Gilson de Oliveira, mais notícia
Desenvolvido por Anderson Silva